POTENCIAL DE CICATRIZAÇÃO DO LÁTEX DE SYNADENIUM UMBELLATUM EM FERIDAS DORSAIS DE RATOS

Soleni Maria Teles de Sousa, Cláudio Braz da Silva, Nelson Jorge da Silva Júnior, Lee Chen Chen

##article.abstract##


Resumo: para avaliar o potencial de cicatrização do látex da Synadenium
umbellatum em lesões dorsais limpas, realizamos a excisão de pele e
tecido subcutâneo em 15 ratos Wistar, divididos em 3 grupos: I - Controle
positivo, Biomembrana Biocure®; II - Solução aquosa de S. umbellatum e
III Controle negativo (água destilada). Avaliamos a cicatrização em 7, 14 e 21 dias. Comparamos as médias das áreas lesadas utilizando ANOVA e Teste de Tukey. As diferenças observadas no 14º e 21º foram significativas entre os Grupos I e III e entre os Grupos II e III, indicando a eficiência da solução no processo de cicatrização.
Palavras-chave: Cicatrização. Fitoterápicos. Synademiun umbellatum.

##reader.fullText##

PDF


ESTUDOS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | ISSN 1983-781X | Qualis B3