???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/1274
Tipo do documento: Dissertação
Título: MODELAGEM DE COMPORTAMENTO PARA CONTROLE DA ESQUIZOFRENIA
Autor: Epaminondas, Felipe Rosa 
Primeiro orientador: Britto, Ilma Aparecida Goulart de Souza
Primeiro membro da banca: Simonassi, Lorismário Ernesto
Segundo membro da banca: Nalini, Lauro Eugênio
Resumo: O objetivo do presente estudo foi utilizar o reforçamento diferencial de comportamentos alvos no repertório de uma pessoa com o diagnóstico de esquizofrenia observando as mudanças gerais em seu repertório social e suas vocalizações. Para essa finalidade foram utilizados os procedimentos da Análise Aplicada do Comportamento. O participante foi uma pessoa do sexo masculino, de 47 anos, viúvo, semi-analfabeto, descendente de família de poucos recursos econômicos e que houvera sido internado em várias instituições especializadas para tratamentos psiquiátricos desde os 18 anos de idade. A escolha do participante foi feita a partir de observações diretas dos seus comportamentos no pátio da instituição em que se encontrava. Foram selecionados três classes de comportamentos-problema para sofrerem intervenção: o baixo contato ocular, baixo volume de voz e falas curtas. Também foi quantificada a frequência de falas delirantes durante as sessões. Para o controle dos procedimentos foi utilizado o Delineamento de Linha de Base Múltipla. As intervenções foram feitas em sessões individuais de conversa livre entre o pesquisador e o participante. O pesquisador apresentava reforçadores sociais contingentes ao comportamento alvo, trocando o mesmo quando este se estabilizava em uma alta frequência. A intervenção se mostrou eficaz para aumentar a frequência dos comportamentos alvo. Nenhuma alteração foi observada quanto às falas delirantes.
Abstract: The objective of the present study was to utilize differential reinforcement of target behaviors in the repertoire of a person with the diagnosis of schizophrenia observing the general changes in his social repertoire and vocalizations. Procedures of Applied Behavior Analysis were used. The participant was a 47 years, single, semianalphabet male, descendant of a family with few economic resources and had been internalized in several psiquiatric institutions since he was 18. The participant was chosen based on direct observations of his behaviors in the institution. Three classes of problem behaviors were chosen to undergo intervention: low visual contact, low volume of voice and short sentences. The frequency of delusional speech was also quantified. The multiple baseline design was used to control de procedures. The interventions were made in individual sessions of free talks between the researcher and the participant. The researcher presented social reinforcements contingent to the target behaviors, changing it when it stabilized at a high frequency. The intervention proved effective to raise the frequency of the target behaviors. No alteration was observed on the delusional speech.
Palavras-chave: intervenção comportamental
comportamentos-problema
esquizofrenia
behavioral intervention
problem behaviors
schizophrenia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Educação
Citação: EPAMINONDAS, Felipe Rosa. MODELAGEM DE COMPORTAMENTO PARA CONTROLE DA ESQUIZOFRENIA. 2010. 50 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIANIA, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1274
Data de defesa: 10-Sep-2010
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Felipe Rosa Epaminondas.pdf2,7 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.