???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/1756
Tipo do documento: Tese
Título: Representações Sociais da Comunidade Científica Brasileira sobre Tecnologia Social
Autor: Moraes, Cecília Arlene 
Primeiro orientador: Campos, Pedro Humberto Farias
Primeiro membro da banca: Coelho, Cristiano
Segundo membro da banca: Labaig, Henrique Carlos
Terceiro membro da banca: Braga, Claudomilson Fernandes
Quarto membro da banca: Guedes, Leonardo Guerra de Rezende
Resumo: O mundo contemporâneo globalizado ressalta assimetrias e paradoxos socioeconômicos, lastreados por avanços tecnológicos de informação e de comunicação, pelas evidências de elevado nível de desigualdades sociais e de desastres ecológicos que assolam o mundo. Buscam-se alternativas que possam mitigar ou eliminar a situação de miséria e de pobreza no mundo, esta tese propõe caminhar nessa direção, ao buscar compreender o significado conceitual da tecnologia social. O objetivo do estudo consistiu em identificar e analisar as representações sociais dos sujeitos que refletem a relação plural e histórica de homogeneidade da tecnologia social com o grupo, no cotidiano e nas práticas comunicativas. Funda-se na Teoria das Representações Sociais, concebida por Moscovici (1961/1978/2012), pela Teoria do Núcleo Central proposta por Abric (1987, 1994, 2003a, 2003b), coadjuvados nessa discussão pelos modelos teóricos marxistas, pragmatistas e construtivistas, e, na perspectiva da dimensão psicossociotécnica. O trabalho configurou-se em duas fases: pesquisa documental descritiva qualitativa e pesquisa empírica. A primeira refere-se à identificação de possíveis sujeitos vinculados a programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino superior no Brasil, no portal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A segunda investigou-se as representações sociais de 83 sujeitos, professores pesquisadores selecionados, oriundos de programas de pós-graduação stricto sensu, em todas as áreas do conhecimento, sobre tecnologia social. O tratamento múltiplo dos dados baseou-se nos softwares de análise lexical (ALCESTE) Reinert (1990), de análise de evocações (EVOC) Vèrger (1992), de índice de centralidade dos elementos representacionais (INCEV) Vèrger (1992), e de análise de similitude (SIMI) Flament (1986). As representações sociais da comunidade científica brasileira acerca da tecnologia social evidenciam uma teia de relações no processo da construção coletiva, protagonizada pelo ator social nas decisões estratégicas e de produção. O núcleo central apresenta os elementos: inclusão social por meio de rede solidária e ética, apropriação do conhecimento pelo ator social, qualidade de vida, envolvimento e respeito à comunidade e ao ambiente, baixo custo e simplicidade. O sistema periférico é marcado pelos elementos: inovação social, reaplicabilidade, sustentabilidade humana, social, econômica (trabalho e renda), política, e ambiental, para eficaz transformação social. Na abordagem estrutural, as representações sociais, como conjunto organizado, acolhem diferentes dimensões transversais, dentre elas a dimensão psicossociotécnica, pois se refere à consciência dos atores envolvidos, empreendedores inovadores conscientes, no universo sociotécnico, o que corrobora na singularidade da tecnologia social.
Abstract: The contemporary globalized world emphasizes socioeconomic disparities and paradoxes, backed by technological advances in information and communication, the evidence of high level of social inequality and ecological disasters that plague the world. To seek alternatives that can mitigate or eliminate the misery and poverty in the world, this thesis proposes in this direction, to try to understand the conceptual meaning of social technology. The aim of the study was to identify and analyze the social representations of subjects that reflect the relationship plural and historical homogeneity of social technology with the group, and in everyday communicative practices. Is based on social representations theory, conceived by Moscovici (1961/1978/2012), the Central Nucleus Theory proposed by Abric (1987, 1994, 2003a, 2003b), assisted by the models in this discussion Marxist theorists, pragmatists and constructivists, and, in view of the size psicossociotécnica. The work set up in two phases: descriptive documentary research and qualitative empirical research. The first refers to the identification of possible subjects related to programs of post-graduate studies in higher education institutions in Brazil, the portal of the Coordination of Improvement of Higher Education Personnel (CAPES) and the National Council for Scientific and Technological Development (CNPq). The second investigated the social representations of 83 subjects, teachers, researchers selected programs from post-graduate studies in all fields of knowledge on social technology. Treatment of multiple data was based on lexical analysis software (ALCESTE) Reinert (1990), analysis evocations (EVOC) Verger (1992), the centrality index of representational elements (INCEV) Verger (1992), and analysis of similarity (SIMI) Flament (1986). Social representations of Brazilian scientific community about the social technology reveal a web of relationships in the process of collective construction, carried out by the social actor in strategic decisions and production. The core features elements: social inclusion through solidarity network and ethics, knowledge appropriation by the social actor, quality of life, involvement and respect for the community and the environment, low cost and simplicity. The system is characterized by peripheral elements: social innovation, reaplicabilidade, sustainable human, social, economic (jobs and income), policy, and environmental, for effective social change. In the structural approach, the social representations, as set organized, hosting different transverse dimensions, among them psicossociotécnica dimension, as it refers to the awareness of the actors involved, innovative entrepreneurs aware of the universe sociotechnical, which corroborates the uniqueness of social technology.
Palavras-chave: Representações sociais
Comunidade científica brasileira
Tecnologia social
Social Representations
Brazilian Scientific Community
Social Technology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Stricto Sensu - Doutorado em Psicologia
Citação: MORAES, Cecília Arlene. Representações Sociais da Comunidade Científica Brasileira sobre Tecnologia Social. 2012. 196 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1756
Data de defesa: 12-Dec-2012
Appears in Collections:Doutorado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CECILIA ARLENE MORAES.pdf2,08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.