???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/2009
Tipo do documento: Dissertação
Título: SENTIDOS PRODUZIDOS POR FAMILIARES ACERCA DA VIOLÊNCIA POLICIAL
Autor: Vieira, Valterci 
Primeiro orientador: Resende, Anita Cristina Azevedo
Primeiro membro da banca: Miranda, Marília Gouveia de
Segundo membro da banca: Sousa, Sônia Margarida Gomes
Resumo: O presente trabalho investiga e compreende os sentidos produzidos por familiares de seis jovens e adolescentes de classes populares acerca da Violência Policial. Teve como objetivo identificar mediações psicossociais construídas e utilizadas para lidarem com essa realidade. Para desenvolver essa investigação, foram coletadas informações a partir de denúncias apresentadas por familiares e pela mídia, com respeito a homicídios, desaparecimentos e agressões físicas praticadas por policiais, e casos registrados nos municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, no período de 2003 a 2008. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com oito familiares, tendo por referência a sua história de vida e a da vitima, a sua situação de sofrimento e dor vivida e temas relacionados ao papel e atuação de instituições diretamente vinculadas à violência policial. A análise das categorias articula dimensões sociais e culturais quanto às questões institucionais e objetivas e às questões vinculadas às experiências emocionais, afetivas e individuais dos sujeitos. A violência policial é ocultada muitas vezes em sua forma estrutural e mantida por mecanismos de dominação e controle da sociedade. Mas foi revelada de maneira contundente a partir dos sentidos produzidos, que permitiram compreendê-la na contemporaneidade. Como se constatou, as mediações psicossociais construídas revelam a intencionalidade dos sujeitos quanto à superação da situação sofrida, explicitando o quanto são desprovidos de direitos básicos de cidadania. A violência policial é forma de extermínio que tem comparecido como prática defendida através de discursos oficiais ou como ação inevitável e mesmo necessária na luta contra a criminalidade , especialmente nos grandes centros urbanos, e impetrados, sobretudo, contra adolescentes e jovens.
Abstract: This essay investigates and seeks to understand the meanings given by the lower class families of six adolescents and youth regarding police violence. Its objective is to identify psychosocial mediations constructed and used to deal with this reality. In order to develop this investigation information was collected from accusations presented by the families and through the media which spoke of homicides, disappearances and physical aggressions practiced by the police, and cases were registered in the municipalities of Goiânia, Aparecida de Goiânia and Senador Canedo during the time period of 2003 to 2008. Semi-structured interviews were held with eight relatives, focusing on the life history of these relatives and of the victim, their situation of suffering and pain and themes related to the role and behavior of the institutions directly connected to police violence. Analysis of the categories speaks to the social and cultural dimensions related to institutional questions and objectives. Also it relates to questions regarding emotional, affective and individual experiences of the subjects. Police violence is frequently hidden by structural violence and maintained by mechanisms of domination and societal control. It is revealed in a powerful manner from the given meanings, which allows one to comprehend this form of contemporary violence. As thus stated, the psychosocial mediations reveal full intentionality of the subjects regarding their overcoming the situation of the suffered violence, making it clear how much they often have their basic rights as citizens ignored. The issue here is forms of extermination practiced by official discourse, as being an inevitable and even necessary action in the struggle against crime , especially in large urban centers, and most often practiced against adolescents and youth.
Palavras-chave: Violência Policial
Desigualdades Sociais
Produção de Sentidos
Police Violence
social inequalities
given meanings
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Psicologia
Citação: VIEIRA, Valterci. SENTIDOS PRODUZIDOS POR FAMILIARES ACERCA DA VIOLÊNCIA POLICIAL. 2009. 161 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2009
Data de defesa: 20-Mar-2009
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Valterci Vieira.pdf3,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.