???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/2031
Tipo do documento: Dissertação
Título: ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO ENTRE O SIGNIFICADO DO TRABALHO E COPING PARA JOVENS ADULTOS
Título(s) alternativo(s): STUDY OF THE RELATIONSHIP BETWEEM THE MEANING OF WORK AND COPING FOR YOUNG ADULTS
Autor: Assunção, Daniella Holanda de 
Primeiro orientador: Mendonça, Helenides
Primeiro membro da banca: Vandenberghe, Luc Marcel Adhemar
Segundo membro da banca: Paz, Maria das Gracas Torres da
Resumo: Esta pesquisa objetivou analisar a relação entre o significado atribuído ao trabalho, as estratégias utilizadas para enfrentamento de situações estressantes, algumas variáveis sociodemográficas, tipos de problema e origem das condições adversas. A amostra foi composta por 249 jovens adultos de uma faculdade situada na Região Centro-Oeste do Brasil, com idade média de 27 anos (DP = 4,92), sendo 58,2% do sexo feminino. Os instrumentos de medida utilizados foram: Inventário da Motivação e Significado do Trabalho (IMST), Coping Response Inventory (CRI Adult) e um questionário para as variáveis sociodemográficas. Pela análise descritiva dos estressores relatados na escala de coping, detectou-se predominância (51%) de problemas relacionais. As estratégias mais utilizadas foram: resolução de problemas, reavaliação positiva e análise lógica. Quanto ao significado atribuído ao trabalho, houve prevalência dos atributos valorativos. Para analisar o significado do trabalho e as estratégias de enfrentamento, aplicou-se o coeficiente de correlação de Pearson r , que apontou para uma correlação baixa e negativa entre atributo valorativo e coping de evitação. Com relação à análise das relações entre coping e as variáveis tipos de problema e origem das condições adversas, verificou-se que a estratégia busca de guia e suporte social apresentou maior associação com problemas individuais e atribuição do problema ao próprio indivíduo em comparação com problemas relacionais e com problemas atribuídos à chefia. Ao aplicar a regressão múltipla (stepwise) à análise da influência das variáveis sociodemográficas e do significado do trabalho sobre as estratégias de enfrentamento, verificou-se que o sexo dos participantes e os atributos valorativos apresentaram poder preditor sobre coping de evitação, embora em uma relação negativa. Para avaliar as variáveis sociodemográficas na relação com as estratégias de coping, utilizou-se o Teste t para amostra de dados independentes e constatou-se que as mulheres utilizaram mais a estratégia descarga emocional e o coping de evitação que os homens. Com base nesses resultados, concluise que quando os jovens adultos pensam em como deveria ser o trabalho, não imaginam colocar o problema a distância até que outro fator modifique a situação e utilizam mais estratégias de coping de aproximação para enfrentar problemas laborais, o que pode favorecer seu bem-estar.
Abstract: This research aimed at analyzing the relationship among the meaning attributed to work, the strategies used to cope with stressful situations, some demographic variables, types of problem, and origin of adverse conditions. The sample was composed by 249 young adults from a college located in the Midwestern Region of Brazil, with mean age of 27 years (SD = 4.92) and 58.2% females. The instruments used in the assessment were: Inventário da Motivação e Significado do Trabalho (IMST, Inventory of Motivation and Meaning of Work), Coping Response Inventory (CRI Adult), and a questionnaire for the demographic variables. Through the descriptive analysis of the stressors registered in the coping scale, we detected predominance (51%) of relational problems. The most used strategies were: problem solving, positive appraisal, and logical analysis. Regarding the meaning attributed to work, we detected prevalence of valorative attributes. To analyze the meaning of work and coping strategies, we applied the correlation coefficient of Pearson r , which pointed to a low negative correlation between the valorative attribute and the active-cognitive coping. As to the assessment of the relationships among coping and the variables types of problem and origin of adverse conditions, we detected that the strategy seeking support and guidance presented more association with individual problems and attribution of the problem to the own individual in comparison with relational problems and problems attributed to the boss. Using multiple regression (stepwise) to analyze the influence of the demographic variables and the meaning attributed to work upon coping strategies, we observed that the sex of the participants and the valorative attributes presented predictive power for avoidance coping, although in a negative relationship. To evaluate the demographic variables in their relationship with coping strategies we applied the t-test for independent data samples and detected that women used more the strategy emotional discharge and avoidance coping than men. Based on these results, we conclude that when young adults think about how their work should be, they do not imagine keeping this issue at a distance until another factor modifies the situation and use more approach coping strategies to deal with problems at work, which favors their wellbeing.
Palavras-chave: Significado do trabalho
coping
jovens adultos
Meaning attributed to work
coping
young adults
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Psicologia
Citação: ASSUNÇÃO, Daniella Holanda de. STUDY OF THE RELATIONSHIP BETWEEM THE MEANING OF WORK AND COPING FOR YOUNG ADULTS. 2010. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2031
Data de defesa: 10-Mar-2010
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniella Holanda de Assuncao.pdf835,54 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.