???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/2248
Tipo do documento: Dissertação
Título: IMAGENS DO COMÉRCIO ANAPOLINO NO JORNAL O ANÁPOLIS (1930-1960): A CONSTRUÇÃO DA MANCHESTER GOIANA
Autor: Machado, Hamilton 
Primeiro orientador: Oliveira, Adriana Mara Vaz de
Primeiro membro da banca: Oliveira, Eliézer Cardoso de
Segundo membro da banca: Peixoto, Elane Ribeiro
Terceiro membro da banca: Capel, Heloisa Selma Fernandes
Resumo: A década de 1930 foi rica na produção de imagens. No Brasil, o cenário foi de mudanças nas ordens política, social e econômica, com a chegada ao poder do governo Getúlio Vargas. Esse período registrou uma nova dinâmica para a economia nacional, graças à penetração do capital no interior do país. Em Goiás, a imagem que marcou o período foi a entrada da estrada de ferro no território goiano, puxada pela produção cafeeira. Com relação a Anápolis, o ano de 1935 ficou registrado na memória como o ano da chegada do trem à cidade e, com ele, a modernidade e o progresso. Esse período foi identificado como o momento de hegemonia do setor terciário, em que houve grande impulso na troca de mercadorias e serviços. O propósito deste estudo foi captar a imagem da cidade comercial construída a partir da narrativa do jornal O Anápolis e do conjunto de fotografias do acervo do Museu Histórico de Anápolis. A proposta era, por meio das imagens publicadas semanalmente, enxergar a evolução e a permanência da materialidade urbana e, valendo-se da análise dos anúncios, perceber as diferentes maneiras utilizadas pelo jornal para representar o comércio para o consumidor, além de verificar a relação entre as metáforas divulgadas pelo jornal O Anápolis e a construção do comércio na imaginação social da cidade.
Abstract: In the 1930s is rich in the production of images. In Brazil was the scene of changes in political, social and economical, with the arrival to power of the government Getúlio Vargas. This period recorded a new momentum for the national economy, through the penetration of capital into the country. In Florida the picture that marked the period was the entrance of the railway in the territory Goias, pulled by coffee production. By Anápolis for the year of 1935, was recorded in the memory as the year of arrival of the train into town and with it the modernity and progress. That period of time identified as the hegemony of the tertiary sector, where there was great momentum in the exchange of goods and services. The purpose of this study was to capture impressions of the city business built from the narrative of The Journal Abeokuta, and as a counterpoint photos from the collection of the Museum of History Ahmadabad. Through pictures, we propose to see the evolution and permanence of urban materiality. From the analysis of the ads, understand the different ways used by the newspaper to represent the trade to the consumer, and check the relationship between metaphors disclosed by the newspaper The Ashburton, and the construction of trade in the social imagination of the city.
Palavras-chave: Anápolis
comércio
imagens
imaginário
jornal O Anápolis
Anápolis
trade
images
imagination
newspaper O Anápolis
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas e da Terra
Programa: História
Citação: MACHADO, Hamilton. IMAGENS DO COMÉRCIO ANAPOLINO NO JORNAL O ANÁPOLIS (1930-1960): A CONSTRUÇÃO DA MANCHESTER GOIANA. 2009. 183 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas e da Terra) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2248
Data de defesa: 4-Feb-2009
Appears in Collections:Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HAMILTON MACHADO.pdf17,82 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.