???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/2364
Tipo do documento: Dissertação
Título: IMPORTÂNCIA DO HPV NO CARCINOMA DO COLO UTERINO E A ASSOCIAÇÃO COM O POLIMORFISMO R72P DO GENE TP53 E A RADIOTERAPIA
Autor: Ribeiro, Eliane da Silva 
Primeiro orientador: Soares, Renata de Bastos Ascenço
Primeiro membro da banca: Saddi, Vera Aparecida
Segundo membro da banca: Santos, Silvia Helena Rabelo dos
Resumo: A persistência do Papilomavírus Humano (HPV) de alto risco, é o mais importante fator de risco para o desenvolvimento do câncer de colo uterino. Contudo, apenas os HPV de alto risco estão associados ao câncer. Esta habilidade carcinogênica deve-se a interação entre a proteína E6 do HPV com proteína p53, considerado o principal evento deste processo do desenvolvimento de tumores. O presente estudo avaliou os genótipos dos HPV; O sequenciamento do fragmento que contém o polimorfismo Arg72Pro do gene TP53; A associação destes fatores entre si com a radiossensibilidade das pacientes com câncer de colo uterino selecionadas no Serviço de Radioterapia, do Hospital Araujo Jorge, da ACCG. Vinte e sete pacientes com câncer de colo uterino encaminhadas para a radioterapia foram selecionadas para este estudo prospectivo. O DNA foi extraído de células descamativas cervicais colhidas com cytobrush. Foi realizada a genotipagem do HPV através da hibridização reversa e a avaliação da presença do polimorfismo Tp53 foi realizada pelo sequenciamento do fragmento Arg72Pro. Os dados foram avaliados de acordo com a média de idade, grau de diferenciação do tumor, estadiamento clínico do tumor e incidência de efeitos colaterais de acordo com os critérios do Radiation Therapy Oncology Group (RTOG). A análise estatística foi realizada utilizando o software SPSS 17.0 para Windows. A média de idade das pacientes foi de 54 anos (±16,3). A incidência de efeitos colaterais agudos (RTOG) foram: reações no trato gastrointestinal inferior(TGI): grau 0 1 (59,6%) e grau ≥2 (40,4%); reações no trato genuturinário (TGU): grau 0 - 1 (86,4%) e grau ≥2 (13,6%). O grau de toxicidade aguda ≥ 2 do TGI associou-se com a idade, onde as pacientes com ≥ 50 anos, apresentaram um risco relativo de 1,8 vezes maior (1,1 - 2,8; IC 95%) de radiossensibilidade e com infecção por múltiplos tipos de HPV, um risco relativo 2,6 vezes maior (0,8 - 8,2; IC 95%). A resposta terapêutica após dois meses do tratamento: 16 (59,3%) pacientes com remissão total da doença, sete (25,9%) com doença em atividade/óbito. A presença do HPV foi observada em 26 (96,3%) pacientes, o genótipo do HPV mais prevalente foi HPV 16 (61,5%), seguido pelo HPV 52 (19,2%) e HPV 18 (11,5%). A infecção por um único tipo de HPV foi observado em 19 (73,1%) pacientes e sete (26,9%) apresentavam mais de um genótipo de HPV. Observamos a presença do genótipo Arg/Arg em oito (33,3%), Arg/Pro em 15 (62,5%) e Pro/Pro em uma (4,2%). As pacientes com genótipo (Arg/Arg) apresentaram maior risco de ter infecção por múltiplos vírus (RR= 1,77; 1,15-2,73; p=0,04). E esta coinfecção múltipla com um maior risco de radiossensibilidade aguda grave no TGI , com um risco relativo de 2,6 vezes maior (p=0,03).
Abstract: Persistent Human Papillomavirus (HPV) high risk, is the most important risk factor for development of cervical cancer. However, only high risk HPV types are associated with cancer. This ability carcinogenic due to interaction between HPV E6 protein with p53 protein, considered the main event of this process of tumor development. The present study evaluated the genotypes of HPV; Sequencing of the fragment coding the polymorphism Arg72Pro TP53, the association of these factors together with the radiosensitivity of patients with cervical cancer in selected Radiotherapy Service, Hospital Jorge Araujo, the ACCG. Twenty-seven patients with cervical cancer referred for radiotherapy were selected for this prospective study. DNA was extracted from cells harvested with cervical squamous cytobrush. Was performed HPV genotyping by reverse hybridization and evaluation of the presence of TP53 polymorphism was performed by sequencing of fragment Arg72Pro. Data were evaluated according to the average age, level of differentiation do tumor, clinical stage of the tumor and the incidence of side effects according to the criteria of the Radiation Therapy Oncology Group (RTOG). Statistical analysis was performed using SPSS 17.0 for Windows. The mean age of patients was 54 years (± 16.3). The incidence of acute side effects (RTOG) were reactions in the lower gastrointestinal tract (GIT): grade 0-1 (59.6%) and ≥ grade 2 (40.4%); reactions tract genitourinary (TGU): degree 0-1 (86.4%) and ≥ grade 2 (13.6%). The degree of acute toxicity TGI ≥ 2 was related to the age where the patients ≥ 50 years old, had a relative risk of 1.8 times greater (1.1 - 2.8; 95%) of radiosensitivity and infection with multiple HPV types, a relative risk 2.6 times higher (0.8 to 8.2, 95% CI). Therapeutic response after two months of treatment: 16 (59.3%) patients with complete remission, seven (25.9%) with active disease / death. The presence of HPV was observed in 26 (96.3%) patients, HPV genotype was more prevalent HPV 16 (61.5%), followed by HPV 52 (19.2%) and HPV 18 (11.5% ). Infection of a single HPV type was observed in 19 (73.1%) and seven (26.9%) had more than one HPV genotype. We observed the presence of genotype Arg / Arg in eight (33.3%), Arg / Pro in 15 (62.5%) and Pro / Pro in one (4.2%). Patients with genotype (Arg / Arg) had a higher risk of having multiple virus infection (RR = 1.77, 1.15 to 2.73, p = 0.04). And this multiple coinfection with an increased risk of severe acute radiosensitivity in the GIT, with a relative risk of 2.6 times greater (p=0,03).
Palavras-chave: câncer de colo uterino
polimorfismo
radioterapia
cervical cancer
polymorphism
radiotherapy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Genética
Citação: RIBEIRO, Eliane da Silva. IMPORTÂNCIA DO HPV NO CARCINOMA DO COLO UTERINO E A ASSOCIAÇÃO COM O POLIMORFISMO R72P DO GENE TP53 E A RADIOTERAPIA. 2012. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2364
Data de defesa: 29-Jun-2012
Appears in Collections:Mestrado em Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELIANE DA SILVA RIBEIRO.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.