???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/2969
Tipo do documento: Dissertação
Título: CAPACIDADE PARA O TRABALHO E QUALIDADE DE VIDA DE MINERADORES DE URÂNIO.
Título(s) alternativo(s): Ability to work and quality of life of uranium miners.
Autor: Fagundes, Sinara Patrícia Alves Rocha ávila 
Primeiro orientador: Prudente, Cejane Oliveira Martins
Primeiro membro da banca: Ribeiro, Maysa Ferreira Martins
Segundo membro da banca: Barberi, Maira
Resumo: O acelerado envelhecimento produtivo da população brasileira e as consequências negativas na manutenção da saúde do trabalhador suscitam em estudos sobre o ambiente laboral, tarefas organizacionais e a qualidade de vida do profissional. No setor da mineração o processo de extração mineral pode expor em risco o indivíduo, principalmente ao depender do tipo de minério explorado. Os elementos radioativos, por exemplo, que são aplicados em distintas áreas da atividade humana pode ocasionar em riscos ocupacionais, principalmente à saúde. Assim, o objetivo principal deste estudo foi analisar a capacidade para o trabalho e a qualidade de vida de mineradores de urânio de uma empresa estatal vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Pesquisa quantitativa, com caráter descritivo e transversal. A amostra foi composta por 161 trabalhadores, o que correspondeu a um erro amostral de 5%. Foi utilizado para descrever o perfil sócio demográfico e hábitos de vida, questionário construído pela pesquisadora, além de instrumentos validados como o SF-36® e o Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT®). O programa SPSS® for Windows®, versão 16.0, foi utilizado para fins estatísticos. O nível de significância adotado foi o valor de 5% (p<0,05). Os resultados evidenciaram boa percepção sobre a qualidade de vida e sobre a capacidade para o trabalho tendo todos os domínios um bom escore. Foi encontrada associação significativa entre o perfil sócio demográfico e o laboral, e destes com a qualidade de vida e a capacidade para o trabalho. Ao correlacionar a capacidade para o trabalho à qualidade de vida dos mineradores de urânio notou significância estatística em todos os domínios, o que indica que estes profissionais se encontram com capacidade laborativa e uma percepção satisfatória do trabalho e de bem estar. Os resultados apontam lacunas nas bibliografias pesquisadas sobre a temática saúde do trabalhador de urânio e nenhuma evidência científica foi encontrada sobre associação da qualidade de vida, saúde e capacidade para o trabalho desses profissionais.
Abstract: The accelerated productive aging of the population and the negative consequences on health maintenance worker raises in studies on the work environment, organizational tasks and quality of life of the professional. In the mining sector the process of mining can expose the individual at risk, mainly depend on the type of ore exploited. Radioactive elements, for example, which are applied in different areas of human activity may in occupational hazards, especially health. Therefore, the main objective of this study was to analyze the ability to work and quality of life of uranium miners from a state enterprise under the Ministry of Science and Technology. Research quantitative analysis, descriptive and transversal. The population of the company that met the inclusion criteria, among them perform activities linked to uranium, a universe composed of 300 employees, among which 260 are gazetted employees and 40 are contractors, with a sample of 161 workers, which corresponded to a sampling error of 5 %. To describe the demographic and lifestyle profile partner was used instrument developed by the researcher. The SF -36®, and the Work Ability Index (ICT®) and are validated instruments were chosen, respectively, for the analysis of quality of life and ability to job. SPSS® for Windows® version 16.0 program was used for statistical purposes. The profile of the sample described inferentially. The level of significance was set at 5% (p < 0.05 ). The results showed a good perception about quality of life and the ability to work with all areas a good score. Significant association was found between the demographic and labor partner, and those with a quality of life profile and the ability to work. By correlating the ability to work to the quality of life of uranium miners noticed significance statistical rating in all areas, indicating that these professionals are working capacity and with a satisfactory perception of work and welfare. The results indicate gaps in the bibliographies surveyed on the topic of uranium worker health and found no scientific evidence about the association of quality of life, health and work ability of these professionals.
Palavras-chave: Qualidade de Vida
Avaliação da capacidade de trabalho
Mineração
Urânio
Saúde
Quality of life
Assessment of work capacity
Mining
Uranium
Health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: FAGUNDES, Sinara Patrícia Alves Rocha ávila. Ability to work and quality of life of uranium miners.. 2014. 128 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2969
Data de defesa: 10-Mar-2014
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SINARA PATRICIA ALVES ROCHA AVILA.pdf2,04 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.