???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3050
Tipo do documento: Dissertação
Título: AMBIENTE PROFISSIONAL E PERCEPÇÃO DO ESTRESSE PELO CIRURGIÃO-DENTISTA
Autor: Matias, Karolina Kellen 
Primeiro orientador: Vandenberghe, Luc Marcel Adhemar
Resumo: Foi realizado um estudo qualitativo e de caráter exploratório com 18 cirurgiões-dentistas domiciliados na cidade de Goiânia, com o objetivo de conhecer melhor, na visão destes profissionais pesquisados, a realidade do estresse ocupacional. O grupo estudado foi composto por 9 profissionais do sexo masculino e 9 do sexo feminino, sendo que foram coletados dados de oito especialidades diferentes além da clinica geral. Para coleta de dados foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, que foram gravadas e posteriormente transcritas para efeito de análise. A abordagem utilizada para análise dos dados, foi a “Grounded Theory” ou Teoria Fundamentada nos Dados que consiste num processo indutivo sistemático de análise, organização, categorização e redução progressiva de categorias afim de elaborar uma teoria que explique o contexto. A teoria emergente dos dados demonstrou que são inúmeras as fontes de estresse que afetam estes profissionais, alguns estressores são comuns em todas as especialidades, mas existem estressores específicos de cada especialidade. As fontes de estresse mais fortemente relatadas foram relativas à relação com pacientes, questões financeiras, o fato de estar sempre confinado em um ambiente fechado, as responsabilidades que pesam sobre o profissional, a elevada carga horária e a situação atual da profissão. As conseqüências do estresse no trabalho manifestam-se de várias formas embora a que parece mais evidente para os cirurgiões-dentistas seja relativa aos males físicos como dores e outros problemas músculo-esquéleticos. Enquanto havia grande diversidade de fontes de estresse, as estratégias de manejo eram limitadas a poucas dimensões. Dentre estas estratégias podemos citar como a mais relatada, a atividade física, seguida de por outras como: desenvolver outros interesses além da odontologia, tirar férias, religiosidade dentre outras.
Abstract: We realized a qualitative, exploratory study, with as participants 18 dentists living in the city of Goiânia, with the intention to understand the reality of occupational stress, through the eyes of these professional. Nine participants were men and nine were women. Two members of eight different specializations and two general practitioners constituted the sample. Data were collected in semi-structured interviews that were recorded and afterwards transcribed verbatim for analysis. The chosen method was Grounded Theory, consisting of a systematic inductive process of analysis, organization, categorization and progressive reduction of the categories in order to elaborate a theory that explains the data. The theory emerging from the data suggests that the sources of stress that affect these professionals are innumerous. Some are common to all specializations, but others are specific. The sources of stress that are most strongly present in the accounts concerned the relationship with patients, financial questions, long hours of confinement in a closed environment, the professional responsibilities, the elevated load of working hours and the present-day status of the profession. The effects of exposure to the sources of stress on the job are manifest in various ways, but the most strongly represented concerned physical complaints like pains and muscular-skeletal problems. While a great diversity of sources of stress was identified, the coping strategies were limited to few dimensions. Among these strategies, the most frequently reported was physical exercise, followed only at a large distance by others like: developing other interests besides dentistry, taking holidays and religious involvement.
Palavras-chave: Estresse ocupacional
Síndrome de Burnout
Cirurgião-dentista
occupational stress
burnout syndrome
dentistry
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: MATIAS, Karolina Kellen. AMBIENTE PROFISSIONAL E PERCEPÇÃO DO ESTRESSE PELO CIRURGIÃO-DENTISTA. 2004. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3050
Data de defesa: 26-Oct-2004
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Karolina Kellen Matias.pdf233,33 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.