???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3083
Tipo do documento: Dissertação
Título: HUMOR, ATENÇÃO CONCENTRADA E QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES CLIMATÉRICAS
Título(s) alternativo(s): Humor, concentrated attention and quality of life in climacteric women.
Autor: Moraes, Valdeilma Maria 
Primeiro orientador: Vandenberghe, Luc Marcel Adhemar
Primeiro membro da banca: Silveira, Nusa de Almeida
Segundo membro da banca: Pfrimer, Irmtraut Araci Hoffmann
Resumo: A cada ano, estamos tendo um aumento mundial na expectativa de vida humana e conseqüentemente, uma constelação de repercussões na saúde, principalmente no que se refere às doenças crônicas-degenerativas. As mulheres possuem atualmente uma estimativa de passar um terço de suas vidas após a menopausa, fase conturbada que começa normalmente aos quarenta anos de idade e termina aos sessenta e cinco. Neste período, a mulher apresenta vários sinais e sintomas característicos que comprometem a qualidade de vida como, por exemplo, alterações vasomotoras, atrofia geniturinária, distúrbios do humor e do sono, osteoporose, entre outros. Há aproximadamente quarenta anos, os sinais e sintomas do climatério têm sido tratados com a reposição hormonal. A terapêutica hormonal e os resultados dos tratamentos têm sido motivo de discussão em todo o mundo, com alguns estudos apresentando resultados favoráveis no que diz respeito à saúde, humor e funcionamento cognitivo e outros apresentando resultados desfavoráveis. Este estudo avaliou dois grupos com oito mulheres menopausadas; um grupo fazendo uso da terapêutica hormonal e o outro sem a terapêutica hormonal. Os dois grupos foram avaliados e reavaliados em um intervalo de seis meses, quanto ao humor e atenção concentrada e ambos foram avaliados ao final do estudo quanto às atividades da vida diária, com o intuito de buscar uma relação entre os fatores biológicos, psicológicos e sociais que interagindo, apresentam um resultado na qualidade de vida das mulheres nesta fase da vida. Como resultado, as mulheres com a terapêutica hormonal referiram uma melhoria dos sintomas climatéricos, principalmente dos sintomas vasomotores, da libido, do estado de ânimo e do humor. As participantes sem uso da terapêutica hormonal pioraram os escores do humor no intervalo do estudo e ambos os grupos não apresentaram modificações nos escores do teste de atenção aplicado. A observação das atividades diárias demonstra que o trabalho é uma atividade de inclusão social importante e que deve ser valorizado como instrumento de manutenção da auto-estima das pessoas que envelhecem e se sentem excluídas das atividades que anteriormente caracterizavam a sua posição social.
Abstract: Every year we have a global increase in life expectancy and consequently, a constellation of repercussions on health, principally in what refers to chronic-degenerative diseases. Women at present are estimated to pass one third of their lives after menopause, a troublesome phase that begins normally at forty years of age and ends around sixty-six. In this period, women present various characteristic signs and symptoms that compromise quality of life, like for example vascular-motor changes, genital-urinary atrophy, and disturbance of humor and sleep and on the long-term osteoporosis. Since more or less forty years ago, the signs and symptoms of climacteric have been treated with reposition of estrogen and progesterone. The results of hormonal therapy have been subject to discussion throughout the world, with certain studies showing favorable results and others showing unfavorable ones concerning health, humor and cognitive functioning. The present study evaluated two groups with eight menopausal women; the experimental group had hormonal therapy while the control group had no treatment. Both were evaluated on humor and concentration before and after a six-month interval, and participated in an interview on daily life activities, with the intention to seek a relation between biological, psychological and social factors that in interaction may influence the quality of life of women in this phase of life. The results suggest that the women that had hormonal therapy reported an improvement in climacteric symptoms, principally the vasomotor symptoms, libido, disposition and humor. The participants that did not have hormonal therapy worsened on scores of humor during the studied interval and neither group presented changes on test-scores of attention. The information on the daily life activities, suggests that work is an important factor in social inclusion that should be recognized as an instrument in the maintenance of self-esteem of aging persons who could feel excluded from activities that before had characterized their social position.
Palavras-chave: Climatério
Terapêutica hormonal
Qualidade de vida
Humor
Atenção
Climacteric
Hormonal therapy
Quality of life
Humor
Attention.
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: MORAES, Valdeilma Maria. Humor, concentrated attention and quality of life in climacteric women.. 2004. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3083
Data de defesa: 10-Dec-2004
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Valdeilma Maria Moraes.pdf1,56 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.