???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3108
Tipo do documento: Dissertação
Título: AMBIENTE E TRABALHO: CONDIÇÕES DE ESTRESSE EM PROFISSIONAIS DE UM CENTRO DE ATENÇAO PSICOSSOCIAL I NO INTERIOR DO MATO GROSSO
Autor: Dalcin, Ediane de Miranda Castro 
Primeiro orientador: Vandenberghe, Luc Marcel Adhemar
Primeiro membro da banca: Jonas, Eline
Segundo membro da banca: Chaves, Juliana de Castro
Resumo: O trabalho, gerador de recursos materiais, é também fonte de auto-realização e de relações interpessoais. No melhor caso, deve promover um equilíbrio saudável. Porém, também pode ameaçar a saúde do trabalhador. Esta pesquisa abordou o ambiente de trabalho como um conjunto de fatores de qualidade e fatores de risco para o bem-estar do trabalhador. Teve como objetivo de investigar a vivência cotidiana de estresse profissional dos profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) I no Mato Grosso, frente ao ambiente interno e externo, relacionando este com as condições de trabalho e a saúde ocupacional. Foram contempladas características objetivas do ambiente, como as arquitetônicas, jardins (integração com a natureza no ambiente de trabalho); mas também a apreciação subjetiva destes ambientes quanto à funcionalidade (execução do trabalho) e à humanização do trabalho (efeito sobre o bem-estar do trabalhador). Foi realizada uma pesquisa-ação empregando métodos múltiplos, incluindo analise de conteúdo de entrevistas; coleta de dados através de fotografias e anotações de campo; pesquisa documental e pesquisa bibliográfica. Teve como participantes dez profissionais da saúde do CAPS I. Os dados foram processados de acordo com os preceitos da Grounded Theory, construindo categorias em um processo indutivo-análitico e ao mesmo tempo organizando-os numa visão explicativa que pôde levar a mudanças positivas no ambiente estudado. Os resultados acusaram como estressores importantes: inadequações do ambiente interno, (principalmente o tamanho insuficiente das salas, a ventilação inadequada, desconforto térmico, olfativo e visual) e do ambiente externo (desconforto térmico e falta de sombra e de grama); falta de estabilidade empregatícia; baixos salários; dupla jornada de trabalho; dúvidas quanto ao alcance dos objetivos do trabalho com os pacientes. Além disso, foi detectada uma sensação de serem pressionados pela política local, e de serem pouco valorizados pelos dirigentes municipais. Os participantes relatam diversos sintomas de estresse, mas também um leque de estratégias de coping e fontes de resiliência (incluindo religiosidade, envolvimento na colaboração com colegas, percepção de melhoras em pacientes; e outros). Conclui-se que tanto a adequação do ambiente físico de trabalho e o contexto político-social mereçam atenção como moderador do estresse ocupacional de profissionais de centros de saúde mental.
Abstract: Labor is a source of material resources, but also a source of self-realization and of social life. As such, it should promote well-being. However, it can also menace the worker s health. The present study approached the professional environment as a mixed set of favorable elements and risk factors for the worker s well-being. Its goal was to investigate how professionals in a Center for Psychosocial Attention (CAPS) type 1, in the state of Mato Grosso (Brazil) experience their work environment and work conditions. Both objective and subjective aspects were considered, going from architectural features, gardens (the presence of nature in the work environment); to the workers appreciation of these elements as to functionality (pragmatic qualities) and as to the effect on their well-being. Action-research was conducted, using multiple methods, including content analysis of interviews, collection of field data through fieldnotes and photography, document research and literature research. The participants were ten professionals at the CAPS 1. The data were analyzed according to the principles of Grounded Theory. Categories were constructed through an inductive-analytic process and organized in an explicative model that described problems and changes in the studied environment. The results indicate as major sources of stress: inadequacy of the indoor environment (principally lack of space in the offices, inadequate ventilation, thermal discomfort; bad smell and visual discomfort) and of the outdoor environment (thermal discomfort, absence of shadow and scarcity of grass); lack of employment stability; bad pay; work overload; uncertainty as to the efficiency of the work with the patients. Besides this, there was a feeling of being both unreasonably pressured and undervalued by local politicians. The participants reported considerable stress, but also a broad variety of coping strategies and sources of resilience (including religious coping, personal commitment to team work, awareness of improvement in patients etc.) The conclusion of the study is that both the physical environment in itself and the socio-political context that is responsible for it deserve attention as moderators of occupational stress of professionals in mental health centers.
Palavras-chave: Trabalhadores da Saúde Mental
Coping
Resiliência
Meio Ambiente
Estresse Ocupacional
Mental Health Workers
Coping
Resilience
Environment
Occupational Stress
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: DALCIN, Ediane de Miranda Castro. AMBIENTE E TRABALHO: CONDIÇÕES DE ESTRESSE EM PROFISSIONAIS DE UM CENTRO DE ATENÇAO PSICOSSOCIAL I NO INTERIOR DO MATO GROSSO. 2009. 137 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIANIA, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3108
Data de defesa: 14-Dec-2009
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EDIANE DE MIRANDA CASTRO DALCIN.pdf4,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.