???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3110
Tipo do documento: Dissertação
Título: IMPLICAÇÕES DO DIABETES MELLITUS NA QUALIDADE DE VIDA DE INDIVÍDUOS, PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE PARA O DIABÉTICO TIPO 2 DO HOSPITAL DO POLICIAL MILITAR (PSPD - HPM)
Autor: Diniz, Sandra Maria da Fonseca 
Primeiro orientador: Pfrimer, Irmtraut Araci Hoffmann
Primeiro membro da banca: Carmo Filho, José Rodrigues do
Segundo membro da banca: Vieira, Sibelius Lellis
Terceiro membro da banca: Salgado, Claudia Maria
Resumo: Trata-se de um estudo com objetivo de avaliar a qualidade de vida de militares diabéticos e seus dependentes (esposas), identificar e associar os principais fatores de risco que interferem na qualidade de vida, e realizar associações entre a qualidade de vida e os principais fatores de risco, em portadores de diabetes mellitus2 (DM2), através de técnicas estatísticas e da mineração de dados. A população de estudo foi constituída de 70 militares e suas esposas, todos portadores de DM2 inscritos no programa de atenção, prevenção, controle e tratamento de DM 2, do Hospital do Policial Militar em Goiânia, GO, no período de agosto a novembro de 2008. Foram aplicados dois questionários fechados, sendo o primeiro referente às variáveis sociodemográficas, estilo de vida, história clínica, dados antropométricos, e o segundo através de instrumento específico da Organização Mundial de Saúde (OMS), para avaliação da qualidade de vida, denominado WHOQUOL bref. As variáveis de maior relevância e abrangência foram: dieta não equilibrada com 78,6%, taxa de açúcar alterado com 91,5%, hipertensão arterial com 54,2%, hipertensão na família com 71,4%. As complicações referentes ao DM 2 encontradas foram a lesão em pé (25,7%) , a cegueira (20,0%) e a nefropatia (11,4%). As respostas dos sujeitos da pesquisa relativas ao questionário WHOQUOL bref detectaram que: 42 indivíduos (60,0%) consideram a sua qualidade de como boa. Entretanto, 36 (51,4%) relataram ter sentimentos negativos algumas vezes. Em relação aos domínios do WHOQOL-bref, os de maiores prevalência foram o social seguido do ambiental. Para a execução do método data mining (Mineração de Dados, MD) foi utilizada uma ferramenta conhecida como Weka que permitiu associações entre as variáveis qualidades de vida, fatores de risco e sentimentos negativos. Para as associações foram relacionados fortemente atributos entre si que geraram duas associações. A primeira entre qualidade de vida e complicações e a segunda entre qualidade de vida, complicações e sentimentos negativos. Os resultados mostram que as associações entre a qualidade de vida, os sentimentos negativos e as complicações do DM têm significado individual quando relacionados com a doença.
Abstract: It is about a study intended to evaluate the quality of life of diabetic militaries and his dependants (wives), to identify and associate the main risk factors that interfere on quality of life and make associations between quality of life and the main risk factors in diabetes mellitus 2 (DM2) patients through statistical significance and data mining. The study population was made out of 70 militaries and his wives, all patients with DM2 subscribed to the program entitled Attention, Prevention, Control and Treatment of DM2 of Military Police Hospital in Goiânia, GO, during the following period: from August to November 2008. Two closed questionnaires were applied, the first one referring to social-demographic variables, life style, clinical history, anthropometrical data, and the second one through a specific instrument of World Health Organization (WHO) to evaluate quality of life entitled WHOQOL bref. The most relevant variables and abrangência were: unbalanced diet with 78,6%, altered sugar rate with 91,5%, arterial hypertension with 54,2%, hypertension in the family with 71,4%. The complications referring to DM2 were foot injuries (25,7%), blindness (20,0%) and nephropathy (11,4%). The answers from survey individuals concerning the WHOQOL questionnaire bref detected that: 42 individuals (60,0%) considered their quality of life as good. However, 36 (51,4%) reported that they have negative feelings, sometimes. In relation to WHOQOL-bref domains, the ones of major prevalence were the social one followed by the environmental one. To execute the data mining method (Data Mininig, DM) it was utilized a tool known as Weka which allowed associations between the quality of life variables, risk factors and negative feelings. For the associations, attributes between themselves were strongly related, thus generating two associations. The first one - between quality of life and complications - and the second one - between quality of life, complications and negative feelings. Results demonstrated that the associations between quality of life, negative feelings and complications of DM have individual significance when related to the disease.
Palavras-chave: Qualidade de Vida
Diabetes Mellitus
Mineração de Dados
Quality of life
Diabetes Mellitus
Data Mining
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: DINIZ, Sandra Maria da Fonseca. IMPLICAÇÕES DO DIABETES MELLITUS NA QUALIDADE DE VIDA DE INDIVÍDUOS, PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE PARA O DIABÉTICO TIPO 2 DO HOSPITAL DO POLICIAL MILITAR (PSPD - HPM). 2009. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3110
Data de defesa: 23-Jun-2009
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SANDRA MARIA DA FONSECA DINIZ.pdf883,74 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.