???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3122
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO AMBIENTAL DA OCUPAÇÃO ESPACIAL DO VALE DO RIO TOCANTINS POR USINAS HIDRELÉTRICAS
Autor: Neres, Júlio César Ibiapina 
Primeiro orientador: Silva Junior, Nelson Jorge da
Primeiro membro da banca: Araújo, Eric Santos
Segundo membro da banca: Zara, Luiz Fabrício
Resumo: No Brasil, devido a sua enorme quantidade de rios, a maior parte da energia elétrica disponível é proveniente de grandes usinas hidrelétricas. A construção desses empreendimentos hidrelétricos envolve uma série de mudanças sócio-ambientais na região onde a obra será executada, mas é essencial para abastecer o país de energia. A necessidade de mitigação de impactos ambientais relacionados à obtenção de energia e a busca por sustentabilidade geram discussões mundiais, que envolvem interesses ambientais, políticos, sociais e econômicos. Assim, vários projetos de geração de energia a partir de usinas hidrelétricas na bacia hidrográfica do rio Tocantins, onde as condições hidrográficas facilitam a multiplicação de reservatórios hidrelétricos, necessitam de um planejamento que vise ao desenvolvimento sustentável das atividades futuras e andamento. Objetivo principal desta dissertação é verificar os impactos sócio-econômicos e ambientais pelo surgimento de usinas hidrelétricas no rio Tocantins, no período de 1980 a 2006, abrangendo os Estados de Goiás, Maranhão, Pará e Tocantins. A partir de imagens de satélite e da elaboração de mapas é possível analisar os mosaicos de imagens e comparar nesses 26 anos perdas na biodiversidade, ocupação antrópica ao longo do rio Tocantins e os impactos econômicos e sociais nos municípios envolvidos pelos empreendimentos hidrelétricos. Diante disso, o presente trabalho buscou realizar o mapeamento das formas de ocupação espacial de usinas hidrelétricas no vale do rio Tocantins através do sensoriamento remoto como subsidio para compreensão dos processos sócio-ambientais.
Abstract: In Brazil, due to its enormous quantity of rivers, most part of the electric energy available comes from large hydroelectric power plants. The construction of these hydroelectric enterprises involve a series of social-environmental changes on the site of location but are essential to supply the energy demand of the Country. The necessity of mitigation of the environmental impacts related to energy production and the seach for sustainability generate global discussions that involve environmental, political, social, and economic interests. Therefore, several projects of energy generation of hydroelectric power plants on the Tocantins river basin which facilitate the multiplication of hydropower reservoirs need a planning that aims the sustainable development of future and ongoing activities. The main objective of this dissertation was to verify the social, economic, and environmental impacts of hydroelectric power plants on the Tocantins river between 1980 and 2006 in the States of Goiás, Maranhão, Pará and Tocantins. From satellite images and the elaboration of maps it is possible to analyze\image mosaics and compare, in these 26 years, biodiversity loss, anthropic occupation along Tocantins river, and the economic and social impacts on the municipalities involved by hydroelectric power plants. From this the present study tried to map the spatial occupation of hydroelectric power plants on the Tocantins river valley using remote sensing as a subsidy to understanding the social environmental processes.
Palavras-chave: Análise sócio-econômica
impactos ambiental
Rio Tocantins
Usinas hidrelétricas
sensoriamento remoto
social economic analysis
environmental impact
Tocantins river
hydroelectric power plants
remote sensing
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências da Saúde
Programa: Ciências Ambientais e Saúde
Citação: NERES, Júlio César Ibiapina. AVALIAÇÃO AMBIENTAL DA OCUPAÇÃO ESPACIAL DO VALE DO RIO TOCANTINS POR USINAS HIDRELÉTRICAS. 2008. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3122
Data de defesa: 28-Mar-2008
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIO CESAR IBIAPINA NERES.pdf2,95 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.