???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3189
Tipo do documento: Dissertação
Título: DISCURSIVIDADE INTENCIONAL FEMININA EM VOZES DO DESERTO, DE NÉLIDA PIÑON.
Autor: Almeida, Aparecida Alexandrina Silva Soares 
Primeiro orientador: Oliveira, éris Antônio
Primeiro membro da banca: Rabelo, Sebastião Augusto
Segundo membro da banca: Pinto, Divino José
Resumo: Esta pesquisa tem objetivo estudar o caráter dialógico e intertextual que se estabelece entre a obra ancestral As Mil e uma Noites e o romance Vozes do Deserto, de Nélida Piñon, verificando que as obras literárias podem realizar uma aglutinação intertextual, de múltiplas ressonâncias dialógicas, que passam a exigir uma atenção especial do leitor. Quando o discurso do romance se encontra com o discurso de outro, como é o caso do romance em exame, isso demanda um processo de recepção aprimorado, para que o leitor dê conta tanto de separar quanto de aglutinar os dois contextos instauradores da arte que ele está apreciando. É possível confrontar textos de épocas distantes porque o fenômeno da dialogicidade se manifesta em vários níveis do discurso literário e, no romance, ela se expressa na própria concepção de seu aspecto compositivo, de tal forma que a orientação dialógica passa motivar o discurso por dentro, tornando-se um dos aspectos estruturadores do texto. Faz-se, ainda, uma abordagem do discurso intencional feminino, emitido por Scherezade, a personagem que renega o processo de silenciamento e exclusão a que foi submetida à mulher, ao longo dos séculos. Essa personagem é notável, nas duas obras, ela salva a sociedade da gana delituosa do Califa, que deseja matar todas as mulheres, na ânsia de vingar-se da esposa traidora. Scherezade tem consciência de seu papel na construção da memória do povo árabe, da qual é portadora, por isso subverte-a, em favor da condição feminina, tornando seu feito algo memorável, subversivo e permanente. Decorre dessa circunstância, que o discurso de uma narrativa não é inocente nem puro, mas participa das elaborações culturais e tem natureza ideológica. Nesse sentido, Vozes do Deserto é uma obra esclarecedora desses aspectos espúrios que permeiam a vida social, trazendo grandes consequências para um número significativo de pessoas que integram a sociedade, e que podem sofrer restrições étnicas, econômicas e sexuais. Todos esses fatores são expressos por um conjunto de sugestivas imagens poéticas, que emergem, na obra, vindas do imaginário de seus autores, para se dirigirem à fantasia dos leitores, lugar em que se manifesta o poder criativo da arte.
Abstract: This research is aimed at studying the dialogical and intertextual character that is established between the work ancestor Thousand and One Nights romance and Voices of the Desert of Nelida Piñon, verifying that literary works can perform an agglutination intertextual, dialogical multiple resonances, which are require special attention of the reader. When speaking of the novel is the speech of another, as is the case of the novel in question, this requires a process of receiving enhanced, so that the reader realizes how much to separate the two contexts captures the foundational art he is enjoying. It is possible to compare texts of distant times because the phenomenon of dialog is manifested at various levels of literary discourse and the novel, it is expressed in the very conception of his compositional aspect, so that the dialogic orientation passes motivating speech inside becoming an aspect of structuring text. It is also an approach of speech intentionally feminine issued by Scheherazade, the character who denies the process of silencing and exclusion that the woman was subjected over the centuries. This character is remarkable, in both works, it saves society gana criminal Caliph, who want to kill all the women, in their eagerness to avenge the cheating wife. Scheherazade is aware of its role in the construction of the memory of the Arab people, which is a carrier, so it subverts it in favor of the female condition, making its done something memorable, subversive and permanent. It follows from this circumstance, that the discourse of a narrative is not innocent and pure, but part of the cultural elaborations and has ideological nature. Accordingly, Voices of the Desert is a work illuminating these spurious aspects that permeate social life, bringing great consequences for a significant number of people within the society, and may be restricted ethnic, economic and sexual. All these factors are expressed by a set of evocative poetic images that emerge in the work, coming from the imagination of its authors, to directing to fantasy readers, place it manifests the creative power of art.
Palavras-chave: Narrativa
Intertextualidade
Dialogicidade
Imaginário
Narrative
Intertextuality
dialogical
Imaginary
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Literatura e Crítica Literária
Citação: ALMEIDA, Aparecida Alexandrina Silva Soares. DISCURSIVIDADE INTENCIONAL FEMININA EM VOZES DO DESERTO, DE NÉLIDA PIÑON.. 2012. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/3189
Data de defesa: 27-Nov-2012
Appears in Collections:Mestrado em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APARECIDA ALEXANDRINA SILVA SOARES ALMEIDA.pdf732,93 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.