???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3524
Tipo do documento: Dissertação
Título: RELAÇÃO DO POLIMORFISMO DO GENE TP53 NO CÓDON 72 COM CÂNCER DE MAMA: UMA ATUALIZAÇÃO DE METANÁLISE (2002-2015)
Autor: Fagundes, Simone Souza 
Primeiro orientador: Rodrigues, Flávia Melo
Primeiro membro da banca: Ayres, Flávio Monteiro
Segundo membro da banca: Silva, Cláudio Carlos da
Resumo: O câncer de mama é o mais incidente na população feminina mundial e brasileira, excetuando-se os casos de câncer de pele não melanoma. É uma doença complexa que não tem causa única, resulta da interação de múltiplos fatores de risco (ambientais, hormonais, estilo de vida) com um genoma individual (Pruthi et al., 2007). O polimorfismo do códon 72 do gene TP53 é bastante estudado devido ao impacto na sequência codificadora do gene, além de estar associado ao maior risco para o desenvolvimento de alguns tipos de câncer. O polimorfismo do gene TP53 no éxon 4 do códon 72, resulta na substituição de Arginina (Arg) ou Prolina (Pro), que pode codificar um aminoácido arginina (p53Arg) ou uma prolina (p53Pro). Este é um trabalho que fez a atualização de metanálise sobre associação entre o polimorfismo R72P do gene TP53 em pacientes com câncer de mama considerando uma ampla amostragem obtidos de estudos com dados conflitantes, fazendo uma abordagem estatística que combina resultados de estudos relevantes para responder a uma questão, busca evidências disponíveis e aponta as áreas onde há necessidade de mais pesquisas. Após busca dos artigos pesquisados em várias bases de dados foram selecionados para a realização da metanálise um total de 47 artigos somando 27.068 casos e 28.065 controles. A organização dos artigos foi de acordo com o ano de publicação, contemplando estudos de 2002 a 2015. Os resultados encontrados mundialmente a respeito do polimorfismo do códon 72 na p53 são bastantes conflitantes, sugerindo que seja devido a fatores étnicos e geográficos que impactam em cada continente de forma evidente. Apesar de vários estudos mostrarem a grande variedade pode ocorrer entre os genótipos e alelos do códon 72, identificando resultados significativos para o genótipo Arg/Arg e o alelo arginina sugerindo que esta metanálise corrobora para terapias, diagnósticos e mais estudos nesta área.
Abstract: Breast cancer is the most frequent in the world and Brazilian women, except for cases of skin cancer nonmelanoma. It is a complex disease that has no single cause, results from the interaction of multiple risk factors (environmental, hormonal, lifestyle) with an individual genome (Pruthi et al., 2007). Polymorphism of codon 72 of TP53 gene is well studied because of the impact on the coding sequence of the gene is also associated with increased risk for the development of some cancers. The TP53 polymorphism in exon 4 of the 72 codon results in the substitution of arginine (Arg) or proline (Pro), which may encode an arginine (p53Arg) or a proline (p53Pro). This is a job that made the update meta-analysis on the association between the R72P polymorphism of the TP53 gene in patients with breast cancer considering a broad sample obtained from studies with conflicting data, making a statistical method that combines results of relevant studies to answer a question, search available evidence and points out the areas where there is need for more research. After search of the articles surveyed in multiple databases were selected for performing the metaanalysis a total of 47 articles totaling 27,068 cases and 28,065 controls. The organization of the articles was according to the year of publication, covering studies from 2002 to 2015. The results found worldwide about codon 72 polymorphism in p53 are quite conflicting, suggesting that it is due to ethnic and geographic factors that impact each continent evident. Although several studies show the wide variety can occur between genotypes and codon 72 alleles, identifying significant results for Arg / Arg genotype and allele arginine suggesting that this meta-analysis corroborates for therapies, diagnostics and more studies in this area.
Palavras-chave: Malignidade da mama, p53, Polimorfismo de nucleotídeo único, Polimorfismo R72P, Suscetibilidade genética.
Malignancy of the breast, p53, Polymorphism, single nucleotide, polymorphism R72P, genetic susceptibility.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Agrárias e Biológicas::Curso de Biologia Bacharelado
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética
Citação: Fagundes, Simone Souza. RELAÇÃO DO POLIMORFISMO DO GENE TP53 NO CÓDON 72 COM CÂNCER DE MAMA: UMA ATUALIZAÇÃO DE METANÁLISE (2002-2015). 2016. [93 f.]. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, [Goiânia - GO] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3524
Data de defesa: 27-Jun-2016
Appears in Collections:Mestrado em Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SIMONE SOUZA FAGUNDES.pdfTexto Completo1,82 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.