???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3564
Tipo do documento: Dissertação
Título: JOSÉ J. VEIGA: NARRATIVAS DE FRONTEIRAS
Autor: Coelho, Lucas Rodrigues 
Primeiro orientador: Pinto, Divino José
Primeiro membro da banca: Rabelo, Sebastião Augusto
Segundo membro da banca: Lima, Maria de Fatima Gonçalves
Resumo: O objeto deste estudo é Os pecados da tribo, de José J. Veiga. A reflexão sobre a obra ficcional do artista, com seus elementos da literatura fantástica e do realismo maravilhoso latino-americano, levou-nos a analisar os procedimentos da criação artística, que não se mostrou intuitiva nas primeiras leituras, sendo necessária uma análise mais acurada dos recursos e da estilística da linguagem na arte literária. O universo dos personagens tornou a pesquisa mais atraente ao ser imbricado com teorias que denotam as significações de termos como real, realidade, natural, sobrenatural, entre outros. Para tanto, recorremos aos seguintes autores: Tzvetan Todorov (1982), William Spindler (1993), François Laplantine (1996), Alejo Carpentier (1987), Irlemar Chiampi (1980), entre outros. A partir daí, optamos por observar nos objetivos as questões do insólito, do realismo mágico, do fantástico e do maravilhoso, considerando-as como características marcantes do discurso, bem como demonstrar como se dá o jogo de palavras que incide nas relações das linguagens de fronteiras, com inferências na alegoria artístico-literária. A construção do estranhamento, do fantástico e do maravilhoso se alinha nesse espaço assimétrico, para gerar o efeito da ficção da narrativa, num mundo imaginário que se estabelece pelos seus sentidos.
Abstract: The object of this study is Os pecados da tribo, by Jose J. Veiga. The reflection on the artist's fictional work, with its elements of fantastic literature and wonderful Latin American realism, led us to analyze the procedures of artistic creation that were not intuitive in the first readings, and a more accurate analysis of the resources And the stylistic language in literary art. The universe of the characters made the research more attractive to be imbricated with theories that denote the meanings of terms like real, reality, natural, supernatural, among others. To that end, we refer to the following authors: Tzvetan Todorov (1982), William Spindler (1993), François Laplantine (1996), Alejo Carpentier (1987), Irlemar Chiampi (1980), among others. From there, we choose to observe in the objectives the questions of unusual, magical realism, the fantastic and the marvelous, considering them as outstanding characteristics of the discourse, as well as demonstrating how the play of words occurs that affects the relations of the languages of Frontiers, with inferences in the artistic-literary allegory. The construction of strangeness, the fantastic and the marvelous aligns in this asymmetrical space, to generate the effect of the fiction of the narrative, in an imaginary world that is established by its senses
Palavras-chave: Fantástico. Maravilhoso. Mundo imaginário. Realismo mágico.
Fantastic. Imaginary world. Magical realism. Wonderful.
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Letras
Citação: Coelho, Lucas Rodrigues. JOSÉ J. VEIGA: NARRATIVAS DE FRONTEIRAS. 2015. 70 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia - GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3564
Data de defesa: 18-Dec-2015
Appears in Collections:Mestrado em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCAS RODRIGUES COELHO.pdfTexto Completo773,94 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.