???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3705
Tipo do documento: Dissertação
Título: (DES) Construindo atletas olímpicas: Análise das práticas discursivas sobre mulheres atletas, no contexto das Olimpíadas de 2016
Autor: Rossi, Júlia Andrès 
Primeiro orientador: Borges, Lenise Santana
Primeiro membro da banca: Gonçalves, Eliane
Segundo membro da banca: Costa Neto, Sebastião Benício da
Resumo: A mídia e sua cobertura esportiva, mais do que veicular informações, produzem saberes e formas específicas de comunicar o que é um corpo e como ele é percebido do ponto de vista dos gêneros e das sexualidades. Apesar da predominância de discursos que insistem em operar sob um modo binário (masculino ou feminino, hétero ou homo), a mídia tem produzido também discursos que questionam esse binarismo, propiciando uma abertura para outras maneiras dos gêneros e sexualidades serem compreendidos e performados. Pensando nisso – e apropriando-me das teorias feministas e de gênero, bem como da Psicologia Social de base socioconstrucionista – busquei, nesta pesquisa, analisar as práticas discursivas que constroem os sentidos a respeito de mulheres atletas na produção digital do site UOL no contexto das Olimpíadas de 2016. Para isso, durante 31 dias, recolhi um total de 454 reportagens que tinham como assunto principal atletas mulheres ou equipes femininas. E a partir deste corpus discuti quantitativamente como se deu o processo de visibilidades e temas que abordam as mulheres atletas. Já para a análise qualitativa, foram escolhidas 5 reportagens com a temática desempenho/carreira; 5 com a temática comportamentos/relacionamentos/sexualidade; 4 notícias da sessão especial “Quero treinar em paz”; e 4 matérias produzidas em parceria com a revista feminista Azmina. Identifiquei, então, os repertórios e sentidos que circulam sobre as atletas na mídia digital escolhida, e com base nas 18 reportagens distingui 3 matrizes discursivas que dão sentidos a essa categoria, a saber: matriz produtiva, matriz prescritiva e matriz questionadora. Assim, foi possível perceber que na mídia ainda são predominantes as noções prescritivas referentes aos gêneros e às sexualidades. Entretanto, a existência de uma matriz questionadora aponta uma tendência a mudanças nessas práticas discursivas. Quanto aos binarismos e à vinculação de gênero às diferenças sexuais e biológicas, estes quase não são questionados. Assim, encontrei em maior medida a ampliação das noções de feminilidades. Esse vislumbre de mudanças aparece de forma mais acentuada em matérias especiais que abordam o tema da equidade de gênero. E, dessa forma, nota-se que as contribuições das epistemologias feministas para a mídia se mostram urgentes na busca de desconstruir ou pelo menos desfamiliarizar os sentidos, repertórios e noções que circulam e constroem as mulheres atletas.
Abstract: The media and its sports coverage, more than spread information, produce knowledges and specific ways to communicate what a body is and how it is perceived by the gender and sexuality points of view. Despite the predominance of speeches that insists in operate over a binary way (male or female, homossexual or heterossexual), the media has been producing also speeches that question this binarism, giving an openness for other kinds or genders and sexualities to be understood and performed. Thinking about this - and taking over feminists and gender theories, as well as the Social Psychology of Social Constructionist basis - I looked for, in this research, to analyze the discursive practices that build the senses over the female athletes in digital production of UOL website, in the 2016 Olympics context. For 31 days I’ve registered a total of 454 articles that have as a main subject female athletes or teams. From this corpus, I discussed quantitatively how was the process of visibility and themes that approach female athletes. For the qualitative analysis, 5 articles were chosen with the theme Performance/Career; 5 with the theme behavior/relationship/sexuality; 4 articles from the special session "Quero Treinar em Paz"; and 4 in partnership with the feminist magazine Azmina. I identified, though, the repertoires and senses that circles in digital medial about the athletes in the chosen digital media, and based on the 18 articles I distinguished 3 discursive matrices that give sense to this cathegory to know: Productive Matrix, Prescriptive Matrix and Questioner Matrix. This way it was able to notice that in the media the prescriptive notions about gender and sexuality are still predominant. However, the existence of a questioner matrix points to a trend of changes in those discursive practices. About the binarisms and the bindings of gender to biological and sexual differences, those are almost not questioned. Thus, I have found to a greater extent the expansion of the notions of femininity. This glimpse of changes appears most prominently in special articles that address the issue of gender equity. And, this way, it is noted that the contributions of feminist epistemologies to the media are urgent in the search to deconstruct or at least defamiliarize the senses, repertoires and notions that circulate and build female athletes.
Palavras-chave: Psicologia Social; Construcionismo Social; Feminismos; Mídia; Atletas.
Social Psychology; Social Constructionism; Feminisms; Media; Athletes.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Sociais e Saúde::Curso de Psicologia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Psicologia
Citação: Rossi, Júlia Andrès. (DES) Construindo atletas olímpicas: Análise das práticas discursivas sobre mulheres atletas, no contexto das Olimpíadas de 2016. 2017. 178 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia - GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3705
Data de defesa: 14-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Júlia Andrès Rossi.pdfTexto Completo2,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.