???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3756
Tipo do documento: Dissertação
Título: POLÍTICA DE SAÚDE FACE AOS AVANÇOS NEOLIBERAIS E A IMPLANTAÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES (EBSERH)
Autor: Mazeto, Yuri Emmanuelle Silva 
Primeiro orientador: Machado, Maria Conceição Sarmento Padial
Primeiro membro da banca: Favaro, Tereza Cristina Pires
Segundo membro da banca: Silva, Germano Campos
Resumo: Em tempos de crise e fortalecimento do mercado nas Políticas Públicas, o governo federal resolve “sanar” as deficiências nos Hospitais Universitários Federais (HUs), que vivenciavam os tempos mais precários nas áreas de recursos humanos, financiamento e, principalmente, na gestão. A criação do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF) nas instituições de ensino veio para agir como um tapa-buraco, principalmente no que diz respeito à inovação da área tecnológica e na adequação da estrutura física desses hospitais. No entanto, o que era gritante, como a ineficiência das gestões, o REHUF não conseguiu solucionar e, assim, o governo federal resolveu implantar a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), uma empresa pública de direito privado, vinculada ao MEC, sob a forma de sociedade anônima. A entrada da Empresa no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) causou muitas discussões e enfrentamentos o que objetivaram avaliar se esta implantação atende mais a ótica do mercado, deixando de cumprir com os princípios básicos do SUS e fortalecendo a política ultraliberal atual. Para a realização da investigação foram utilizadas pesquisas bibliográficas e documentais, complementadas pelo estudo de caso. A teoria empregada no estudo se deu por meio de autores que destacam o posicionamento do Estado referente às Políticas Públicas, a desresponsabilização do mesmo quanto à administração da coisa pública e sobre a ótica do mercado e os novos modelos de gestão. A metodologia utilizada foi por meio de um estudo exploratório de abordagem predominantemente qualitativo, pois as análises qualitativas dos dados são mais amplas, não rigorosas. Foi possível apreender como resultado desta pesquisa que vivemos em tempos obscuros de avanços intermitentes do mercado sob as Políticas Públicas, e a Política de Saúde é vista como fonte rentável para tanto. A entrada da EBSERH nos HUs pode ser legal, no entanto é um retrocesso na trajetória de implementação da política de saúde e penaliza a população demandatária, os trabalhadores.
Abstract: At times of crisis and strengthening of the market in public policy, the federal government decide “to fix” the deficiencies of the Federal University Hospitals (HUs), that experienced the most precarious times in the human resources areas, in funding and management mainly. The creation of the National Restructuring Programme of the Federal University Hospitals (REHUF) in the educational institutions came to act like a stopgap, primarily with regard to innovation in tech areas and the adequacy of physical structure of these hospitals. However, the REHUF could not solve the shocking problems, like inefficiencies of management, thus, the Federal Government decided to implant the Brazilian Company of Hospital Services (EBSERH), a public company of private law, linked to Ministry of Education (MEC), as a business corporation. The entry by this company into Clinical Hospital of the Federal University of Triângulo Mineiro (HC-UFTM) caused a lot of discussions and debates that objectified to evaluate if this implantation serves more the market optics, leaving to comply with the basic principles of the Brazilian Government’s Unified Health System (SUS) and strengthening the actual ultra-liberal policy. For the achievement of the investigation, it was used literature search and documental, complemented by case study. The theory used in the study is based upon authors that stand out the positioning of the State referring to Public Policy, the unaccountability of the State regarding the management of public affairs and about the market optics and the new management models. The methodology used was by means of exploratory study of approach predominantly qualitative, because the qualitative data analysis is wider, not rigorous. As result of this research, it was possible to learn we live in dark times of intermittent market advances about the Public Policies, and the Health Policy is seen as profitable source to this end. The entry of EBSERH in HUs may be legal, but it is a setback in the implementation trajectory of the Health Policy and penalizes the claimant population, the workers.
Palavras-chave: 1 – Política de Saúde. 2 – Estado. 3 – Capitalismo. 4 – Neoliberalismo. 5 – EBSERH.
1 – Health Policy. 2 – State. 3 – Capitalism. 4 – Neoliberalism. 5 – EBSERH.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Sociais e Saúde::Curso de Serviço Social
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Serviço Social
Citação: Mazeto, Yuri Emmanuelle Silva. POLÍTICA DE SAÚDE FACE AOS AVANÇOS NEOLIBERAIS E A IMPLANTAÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES (EBSERH). 2017. 106 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3756
Data de defesa: 2-Jun-2017
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
YURI EMMANUELLE SILVA MAZETO.pdfTexto Completo1,04 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.