???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3787
Tipo do documento: Tese
Título: ESCOLA DE CIVISMO E CIDADANIA: ETHOS DO COLÉGIO BETA DA POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS
Autor: Belle, Helena Beatriz de Moura 
Primeiro orientador: Brzezinski, Iria
Primeiro membro da banca: Dourado, Luiz Fernandes
Segundo membro da banca: Barrio, Juan Bernardino Marques
Terceiro membro da banca: Nunes, Heliane Prudente
Quarto membro da banca: Baldino, José Maria
Resumo: A temática da tese é Colégio Beta da Polícia Militar de Goiás (CPMG), que tem por lema civismo e cidadania. O objeto de pesquisa é o Colégio Beta, como unidade de educação básica que ministra ensino fundamental e médio, sob a gestão do Comando da Polícia Militar. O objetivo geral da pesquisa: estudar o Colégio Beta da Polícia Militar de Goiás e discutir a forma pela qual uma escola de civismo e cidadania tem expressão real para professores e estudantes do 3º ano do ensino médio, considerando as categorias democracia, burocracia, civismo, cidadania e gestão escolar. A investigação conta com três eixos orientadores do referencial teórico. O primeiro, as políticas educacionais, da década de 1960 até os dias atuais, e os modelos de gestão do Colégio Beta fundamentados nas imagens organizacionais da escola de Costa (1996, 2009) e no princípio constitucional de gestão democrática, com base em ensinamentos de Dewey (1959), Teixeira (1968), Bobbio (1986, 2006, 2007), Paro (2001, 2003), Ramos (1989), Gohn (1994), Pazeto; Wittmann (2001), Coutinho (2002), Barroso (2006), Sander (2007, 2009), Brzezinski (1987, 1996, 2007, 2008) e Castro (2009). O segundo eixo do referencial consiste de reflexões acerca da atuação das escolas, no que se refere ao público e privado, fundamentada nas concepções e críticas de Cury (1986, 1992, 2002), Dourado (2006), Gracindo (2008) e Vieira (2008). A criação e implementação dos Colégios da Polícia Militar de Goiás (CPMGs) consistem o terceiro eixo, centrado na interpretação de regulamentos, planos, projetos e diretrizes educacionais vigentes. A metodologia de pesquisa é quantitativa e qualitativa, com os procedimentos metodológicos de aplicação de questionário em uma amostra intencional do alunado de duas turmas do 3º ano do ensino médio do Colégio Beta; análise histórica e documental, observação e realização de entrevista com professores, também, do 3º ano, e com dois gestores. Os resultados permitiram revelar: a) a identidade ambígua do Colégio Beta, com vínculo em dois sistemas estaduais: de Educação e de Segurança Pública; b) a organização e funcionamento institucional do Colégio: estrutura, infraestrutura, gestão sem participação da comunidade em suas ações, processo seletivo, vagas cotizadas, ingresso por sorteio, escolha dos gestores sem eleições, modelo de gestão declarado diverso do praticado, cobrança de contribuição financeira; matrículas e permanência do aluno; c) a dinâmica do Projeto Pedagógico, cumprimento da matriz curricular plena e complementos de conteúdos culturais, artes, línguas e desportivos; d) o cotidiano de práticas formativas realizadas pela direção designada pelo Comando Militar, por professores militares e por docentes civis. Conclusão: trata-se de instituição escolar vista por estudantes, pais e professores como a melhor alternativa para a formação dos que buscam o ingresso no ensino superior. A formação é propedêutica e não há preocupação de integrá-la à formação profissional. O Colégio Beta atua com privilégios e ordenamento operacional próprios, sustenta-se em princípios burocráticos e se declara uma escola democrática. Atende às classes médias e as menos favorecidas. Constatou-se que a excelência em qualidade de ensino por ele conquistada não se deve ao vínculo institucional, ou ao processo seletivo, ao rigor disciplinar e o atendimento à hierarquia da PMGO e, sim, devido ao corpo docente com formação compatível com as disciplinas em que atua; a quantidade e a qualidade tanto do corpo docente quanto das equipes didático-pedagógica e de apoio técnico-administrativo e de gestores; recursos financeiros e de infraestrutura acima dos padrões mínimos definidos pelas diretrizes estaduais e alunado com foco no desempenho individual, visando à superação de obstáculos para alcançar o sucesso.
Abstract: The subject of this thesis is Beta School of Military Police of Goiás (CPMG), which slogan is Civism and Citizenship. The object of this research is Beta School, as a basic education unit that offers primary, secondary and high schools and it is run by the Military Police. This work aims to study Beta School of Military Police of Goiás and discusses the way civism and citizenship has a real expression for teachers and for the third year of high school students, considering the categories: democracy, bureaucracy, civism, citizenship and school management. There are three theoretical references used in this investigation. The first, the educational policies until these days, as well as the sorts of management models of Beta School based on the organization images of Costa’s school (1996,2009) and the constitutional principles of democratic management, based on Dewey (1959), Teixeira (1968), Bobbio (1986, 2006, 2007), Paro (2001, 2003), Ramos (1989), Gohn (1994), Pazeto; Wittmann (2001), Coutinho (2002), Barroso (2006), Sander (2007, 2009), Brzezinski (1987, 1996, 2007, 2008) and Castro (2009). The second reference consists on the reflections about the acting of private and public schools, based on the conceptions and critics of Cury (1986, 1992, 2002), Dourado (2006), Gracindo (2008) e Vieira (2008). The foundation and history of the Schools of Military Police of Goiás is the third one, which is centered on the interpretations of regulation, plans, projects and current educational polices. This is a quantity and quality research. The methodological procedures used were questionnaire with intentional samples of two third year groups of high school students from Beta School; documental and historical analyses, observation and interviews with third year teachers and two school managers. The results revealed that: a) the ambiguous identity of Beta School is linked by two State systems: the Education and Public Security Secretaries ; b) the institutional organization and school functioning; the structure, the infrastructure, the management and the community participation in its actions; the selective process, the vacancies by quotes, the entering by ruffle, the indication of managers without election, the real management differs from the ideal one; the charge of fees, the enrolment and the students´ permanence; c) the dynamics of Pedagogical Project, the full performance of the curriculum and the complement of cultural, arts, modern languages and sports contents; d) the daily experience of formative practices performed by the direction designated by the Military Command and also by the military and civil teachers. Concluding: it is a school institution seen by the students, parents and teachers as the best alternative in order to form those who seek the entrance to higher education. The formation is propaedeutic and there is no intention to integrate Professional formation. Beta School has its privileges as well as its own operational ordainments, supported by bureaucratic principals and it declares itself as a democratic school. It is catered to middle and working class people. It was verified that the excellence in teaching is not due to the institutional bond, or the selective entry exam process, or strict discipline, or the attendance to PMGO´s hierarchy. Instead, it is due to the teacher´s formation being according to the subject that they teach, as well as the formation of the pedagogical and didactic team, the support of the administrative and technical staff and the managers; the financial resources and the infrastructure are higher than the minimum standards defined by the State guidelines, and also the students are focused on their individual performance, aiming to overcome the obstacles in order to reach success.
Palavras-chave: Políticas Educacionais; Gestão escolar; Ethos; Democracia e burocracia; Civismo e cidadania; Qualidade de ensino no Colégio da Polícia Militar.
Educational Policies; School Management; Ethos; Democracy and bureaucracy; Civism and citizenship; Teaching Quality in the School of Military Police.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Belle, Helena Beatriz de Moura. ESCOLA DE CIVISMO E CIDADANIA: ETHOS DO COLÉGIO BETA DA POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS. 2011. 276 f. Tese (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3787
Data de defesa: 28-Nov-2011
Appears in Collections:Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helena Beatriz de Moura Belle.pdfTexto Completo2,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.