???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3940
Tipo do documento: Dissertação
Título: A AFETIVIDADE NO ENSINO FUNDAMENTAL: O ESTADO DO CONHECIMENTO E AS CONTRIBUIÇÕES DE PIAGET E WALLON.
Autor: Ribeiro, Rosa dos Santos 
Primeiro orientador: Siqueira, Teresa Cristina Barbo
Primeiro membro da banca: Lemes, Lila Maria Spadoni
Segundo membro da banca: Araújo, Denise Silva
Resumo: A presente pesquisa é teórico-bibliográfica e teve como objetivo mapear as pesquisas publicadas na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) que abordaram a afetividade no contexto educacional. A fundamentação teórica baseia-se em dois teóricos de grande importância para a educação e para o desenvolvimento do ensino-aprendizagem, Piaget (1993; 1986) e Wallon (2010; 2008). Ambos se pautaram nos aspectos afetivo e cognitivo do indivíduo, e buscaram demonstrar passo a passo como acontece o desenvolvimento do ser humano. Sendo assim, o presente trabalho objetiva encontrar, nas obras educacionais e pedagógicas desses teóricos, conceitos sobre a afetividade no processo de desenvolvimento cognitivo do indivíduo, elencando contribuições positivas da relação afetiva entre professor e aluno para o processo de aprendizagem escolar. Buscou também encontrar resposta para a questão: qual a visão dos pesquisadores no cenário contemporâneo sobre a afetividade e a aprendizagem no contexto escolar, em relação ao professor e aluno do ensino fundamental? Assim, buscamos responder a esse questionamento com base nos resultados das pesquisas que foram publicadas na BDTD, no período de 2009 a 2014, e que abordaram essa temática. Portanto, para a realização desta pesquisa, usamos o ambiente virtual, ou seja, a biblioteca digital do banco de teses e dissertações, onde foram eleitas as seguintes palavras descritoras: afetividade e educação; afetividade e ensino-aprendizagem; afetividade e contexto escolar; e afetividade e ensino fundamental, para melhor nortear nossa busca e, consequentemente, nosso trabalho. É importante destacar que pudemos comprovar que os aspectos afetivos e cognitivos são vistos como uma prática pedagógica que promovem o ensino-aprendizagem na escola. Chegamos a essa compreensão ao trabalharmos de acordo com as seguintes categorias de análises: dimensão afetiva nas práticas pedagógicas; afetividade no processo ensino-aprendizagem; concepção docente sobre os aspectos afetivos e cognitivos; e relação professor-aluno no ensino fundamental. Essas categorias, sobretudo por sua pertinência, foram valiosas para a análise de cinco pesquisas que contemplaram a temática em estudo, a saber: O professor do 6º ano e suas concepções sobre afetividade: efeitos na prática docente e na aprendizagem (SILVA, 2011); A dimensão afetiva nas práticas pedagógicas de professoras alfabetizadoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental (ANDRADE, 2014); A afetividade e alfabetização nos anos iniciais do Ensino Fundamental (PINHO, 2014); A relação afetiva nos processos de ensino e aprendizagem entre professores e alunos das classes de alfabetização (CERCE, 2013); e Uma criança pequena em uma escola de grandes: sentimentos e emoções no ingresso do Ensino Fundamental de 09 anos (GARCIA, 2012).
Abstract: The present research is theoretical-bibliographical and aimed to map the published researches in the Digital Library of Theses and Dissertations (BDTD) that approached the affectivity in the educational context. The theoretical basis is based on two theorists of great importance for education and for the development of teaching-learning, Piaget (1993, 1986) and Wallon (2010, 2008). Both were based on the affective and cognitive aspects of the individual, and sought to demonstrate step by step how the development of the human being. Thus, the present work aims to find, in the educational and pedagogical works of these theorists, concepts about affectivity in the process of cognitive development of the individual, listing positive contributions of the affective relationship between teacher and student for the school learning process. It also sought to answer the question: what is the view of the researchers in the contemporary scenario about affectivity and learning in the school context, in relation to the teacher and elementary school student? Thus, we seek to respond to this questioning based on the results of the researches that were published in the BDTD, from 2009 to 2014, and that addressed this theme. Therefore, to carry out this research, we used the virtual environment, that is, the digital library of the thesis and dissertation bank, where the following descriptive words were chosen: affectivity and education; affectivity and teaching-learning; affectivity and school context; and affectivity and fundamental education, to better guide our search and, consequently, our work. It is important to highlight that we have been able to prove that the affective and cognitive aspects are seen as a pedagogical practice that promote teachinglearning in the school. We come to this understanding by working according to the following categories of analysis: affective dimension in pedagogical practices; affectivity in the process teaching learning; teacher conception on affective and cognitive aspects; and teacher-student relationship in elementary school. These categories, especially for their pertinence, were valuable for the analysis of five researches that contemplated the theme under study, namely: The teacher of the 6th grade and his conceptions about affectivity: effects on teaching practice and learning (SILVA, 2011); The affective dimension in the pedagogical practices of literacy teachers in the initial years of Elementary Education (ANDRADE, 2014); Affectivity and literacy in the early years of elementary school (PINHO, 2014); The affective relationship in the teaching and learning processes between teachers and students in literacy classes (CERCE, 2013); And A small child in a large school: feelings and emotions at the entrance of the Elementary School of 09 years (GARCIA, 2012).
Palavras-chave: Afetividade. Educação. Ensino-aprendizagem. Contexto Escolar. Ensino Fundamental.
Affectivity. Education. Teaching-learning. School context. Elementary School.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Ribeiro, Rosa dos Santos. A AFETIVIDADE NO ENSINO FUNDAMENTAL: O ESTADO DO CONHECIMENTO E AS CONTRIBUIÇÕES DE PIAGET E WALLON. 2017. 218 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3940
Data de defesa: 24-Feb-2017
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSA DOS SANTOS RIBEIRO.pdfTexto Completo2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.