???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4092
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise das matrizes curriculares brasileiras e a percepção de discentes de engenharia civil sobre sustentabilidade ambiental
Autor: Rocha, Daniela Sousa Guedes Meireles 
Primeiro orientador: Luz, Marta Pereira da
Primeiro membro da banca: Luz, Marta Pereira da
Segundo membro da banca: Pasqualetto, Antônio
Terceiro membro da banca: Rios, Fernanda Posch
Resumo: Introdução: A construção civil utiliza um expressivo quantitativo de materiais e consequentemente, se mal geridos, podem culminar em toneladas de descarte indevido. Deste modo, os engenheiros tornam-se (co)responsáveis por trazerem a sustentabilidade ambiental no cotidiano de suas obras, com otimização de materiais, redução de desperdícios e um gerenciamento da mão-de-obra eficiente e humanizado. Para tanto, as Instituições de Ensino Superior (IES) podem exercer influência na formação desses profissionais, sendo agente que contribui na transformação na postura do futuro engenheiro, podendo despertar o interesse dos discentes nos temas relacionados à sustentabilidade. Objetivos: Avaliar a percepção e o comprometimento dos alunos de Engenharia Civil da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO) a partir dos princípios que norteiam a sustentabilidade, além disso, identificar nas Matrizes Curriculares de IES brasileiras o quantitativo de disciplinas que envolvem a educação voltada à sustentabilidade e propor uma possível mudança na Matriz Curricular da PUC/GO. Métodos: Estudo descritivo, exploratório de natureza quanti-qualitativa, que teve como fonte de investigação a aplicação do questionário Survey, com o uso da técnica de Análise de Correspondência Múltipla para análise e inferências estatísticas. Resultados: Os discentes de Engenharia Civil da PUC/GO são em sua maioria do sexo masculino (54%,) com idade entre 22 a 25 anos (57%) e possui renda entre um e dois salários mínimos (37%). A pesquisa demonstrou que os discentes possuem conhecimento pelo tema “sustentabilidade” e tiveram acesso nas IES a conteúdos que abordam o desenvolvimento sustentável. Porém, nem todos os futuros profissionais estão interessados em desenvolver habilidades pautadas nas diretrizes sustentáveis. A partir da análise das matrizes curriculares de 163 cursos de Engenharia Civil, verificouse que apenas (5,9%) das disciplinas, versam sobre a sustentabilidade, apresentando assim, a necessidade de mudanças da matriz curricular e das ementas nas disciplinas, as quais foram sugeridas neste trabalho. Conclusões: Esta pesquisa compreendeu que o estudante de Engenharia Civil se diz possuir pouco conhecimento para atuar em conformidade com o Desenvolvimento Sustentável (DS), e a maioria apropriou-se do tema no decorrer de toda sua formação como indivíduo e não necessariamente durante o curso de graduação. As informações obtidas nesta dissertação, associadas a outras pesquisas já realizadas sobre o tema, propõe às IES revisão de suas matrizes curriculares e conteúdos, proporcionando condições mais adequadas à aprendizagem destes futuros profissionais, em relação às questões do Desenvolvimento Sustentável.
Abstract: Introduction: Civil construction uses a significant quantity of materials and consequently, if poorly managed, can culminate in tons of undue disposal. In this way, engineers become (co) responsible for bringing environmental sustainability into the daily life of their works, with optimization of materials, waste reduction and efficient and humanized manpower management. In order to do so, Higher Education Institutions (HEIs) can exert influence in the training of these professionals, being an agent that contributes to the transformation of the posture of the future engineer, and may arouse students' interest in sustainability related topics. Objectives: To evaluate the perception and commitment of Civil Engineering students from the Pontifical Catholic University of Goiás (PUC / GO) based on the principles that guide sustainability, and to identify in the Curricular Matrices of Brazilian HEIs the quantitative of disciplines involving sustainability education and propose a possible change in the Curricular Matrix of PUC/GO. Methods: Descriptive, exploratory study of a quantitative-qualitative nature, whose research source was the application of the Survey questionnaire, using the Multiple Correspondence Analysis technique for analysis and statistical inferences. Results: Civil Engineering students from PUC/GO are mostly males (54%), aged 22 to 25 (57%) and have income between one and two minimum wages (37%). The research demonstrated that the students have knowledge by the subject "sustainability" and had access in the IES to contents that approach the sustainable development. However, not all future professionals are interested in developing skills based on sustainable guidelines. From the analysis of the curricular matrices of 163 Civil Engineering courses, it was verified that only (5.9%) of the subjects deal with sustainability, thus presenting the need for changes in the curricular matrix and in the syllabuses in the subjects, the which were suggested in this work. Conclusions: This research comprised that the student of Civil Engineering is said to possess little knowledge to act in accordance with the Sustainable Development (SD), and most appropriated the theme during the course of all their training as an individual and not necessarily during the course of graduation. The information obtained in this dissertation, associated with other research already done on the subject, proposes to the HEIs a review of their curricular matrices and contents, providing more suitable conditions for the learning of these future professionals, in relation to the issues of Sustainable Development.
Palavras-chave: Educação Ambiental. Desenvolvimento sustentável. Análise de Correspondência Múltipla (ACM).
Environmental Education. Sustainable development. Multiple Correspondence Analysis (ACM).
Área(s) do CNPq: ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Engenharia::Curso de Engenharia Civil
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Engenharia de Produção e Sistemas
Citação: Rocha, Daniela Sousa Guedes Meireles. Análise das matrizes curriculares brasileiras e a percepção de discentes de engenharia civil sobre sustentabilidade ambiental. 2018. 123 f. Dissertação( Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Programa de Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4092
Data de defesa: 27-Sep-2018
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniela Sousa Guedes Meireles Rocha.pdf7,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.