???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4125
Tipo do documento: Dissertação
Título: A CONSTRUÇÃO DO IMAGINÁRIO SOB O SIGNO DO MITO EM LIRISMO RURAL
Autor: Hidasi, Iracema Maria da Trindade 
Primeiro orientador: Lima, Maria de Fátima Gonçalves
Primeiro membro da banca: Unes, Wolney Alfredo Arruda
Segundo membro da banca: Teixeira, Átila Silva Arruda
Resumo: O crítico literário enfrenta o desafio de eternizar a obra poética. Uma proposta para tal iniciativa é analisar as relações tecidas entre a literatura poética e o meio ambiente, numa perspectiva da teoria ecocrítica, observando, sobretudo, as relações do homem consigo mesmo e com a natureza. O interesse na ecocritica justifica-se, devido à mudança de perspectiva das investigações do homocentrismo para o ecocentrismo, fazendo, assim, com que o foco principal da atenção seja efetivamente a obra e suas relações com o objeto representado. Nesse contexto, analisamos ecocriticamente a obra Lirismo Rural, de Gilberto Mendonça Teles, conectando-a ao Cerrado brasileiro, na perspectiva de revelar seus mitos poéticos, a essência criadora do imaginário da humanidade. Dessa forma, observamos nos poemas dessa obra, que a produção poética se revela preocupada com os problemas ecológicos-evolutivos que afligem a humanidade, em virtude das agressões humanas a que tem sido submetido o Cerrado no decorrer das últimas décadas, em face da corrida pelo desenvolvimento econômico sem o devido planejamento sustentável. Sem culpar a natureza ou mesmo a humanidade pelos desastres ambientais, o poeta atribui ao homem a responsabilidade pela vida no Cerrado. Lirismo Rural apresenta características únicas, na visão prioritariamente egocêntrica do poeta. Sem construir ou mesmo expressar juízo de valor, a obra constrói e reconstrói os mitos poéticos que o povo cerradeiro utiliza para desvendar, ensinar e aprender sobre o funcionamento ecológico-evolutivo e sociocultural desse bioma. Dessa forma, a obra é eternizada na realidade do Cerrado e esse é eternizado nos mitos poéticos construtores do imaginário coletivo presente na obra, o que a torna fundamental no processo de construção humana para conservar e preservar esse bioma brasileiro.
Abstract: The literary critic faces the challenge of eternalizing the poetic work. A proposal for such initiative is to analyze the relations weaved between the poetic literature and the environment, in a perspective of ecocritical’s theory, observing, above all, the man's relations with himself and with nature. The interest in ecocritics is justified due to the shift in perspective of the investigations, from homocentrism to ecocentrism, thus making the main focus of attention effectively be the work and its relations with the represented object. In this context, we’ve analyzed ecocritically Gilberto Mendonça Teles' work, Rural Lyricism, connecting it to the Brazilian Cerrado, in the perspective of revealing its poetic myths, the creative essence of mankind’s imaginary. Therefore, we’ve seen in this work’s poems that the poetic production is concerned with ecological-evolutionary problems that afflict mankind, due to human aggressions that Cerrado has been undergone over the last decades, due to the race for economic development without sustainable planning. Without blaming nature or even mankind for environmental disasters, the poet attributes to man the responsibility for life in Cerrado. Rural Lyricism presents unique characteristics, in the poet's mainly ecocentric vision. Without making or even expressing value judgment, the work constructs and reconstructs the poetic myths that the cerrado people uses to unravel, teach and learn about the ecological-evolutionary and sociocultural functioning of this biome. In this way, the work is eternalized in the Cerrado’s reality and Cerrado is eternalized in the poetic myths that constructs the collective imaginaries present in the work. Which makes it fundamental in the process of human’s construction to conserve and preserve this Brazilian biome.
Palavras-chave: Poesia. Cerrado. Ecologia. Homocentrismo. Ecocentrismo.
Poetry. Cerrado. Ecology. Homocentrism. Ecocentrismo.
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Letras
Citação: Hidasi, Iracema Maria da Trindade. A CONSTRUÇÃO DO IMAGINÁRIO SOB O SIGNO DO MITO EM LIRISMO RURAL. 2018. 100 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4125
Data de defesa: 12-Dec-2018
Appears in Collections:Mestrado em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IRACEMA MARIA DA TRINDADE HIDASI.pdfTexto Completo3,67 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.