???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4283
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação do Papel Prognóstico do Biomarcador Vimentina no Câncer de Colo Uterino
Autor: Santana, Flávia de Castro 
Primeiro orientador: Saddi, Vera Aparecida
Primeiro coorientador: Santos, Silvia Helena Rabelo dos
Primeiro membro da banca: Rodrigues, Flávia Melo
Segundo membro da banca: Carneiro, Megmar Aparecida dos Santos
Resumo: O câncer de colo uterino é uma doença frequente nos países em desenvolvimento e, no Brasil, é considerado um grave problema de saúde pública. Um evento denominado transição epitéliomesênquima (TEM) vem sendo estudado nos cânceres humanos, pois a sua reativacão interfere nos processos de invasão e metástase. A TEM envolve complexas alterações da expressão gênica de vários biomarcadores, dentre eles a Vimentina. O objetivo deste estudo consistiu em avaliar a expressão da Vimentina no câncer do colo uterino investigando o papel prognóstico desse biomarcador. Essa avaliação foi realizada por imuno-histoquímica em 111 casos de câncer de colo uterino e o índice de marcação foi avaliado em relação aos aspectos clínicopatológicos e à sobrevida. Os resultados demonstraram que a expressão aberrante de Vimentina foi observada em 100% dos espécimes tumorais avaliados. A hiperexpressão desse biomarcador considerada (>40%) foi observada em 28 casos (25,2%), entretanto, não foi associada aos aspectos clínico-patológicos e prognósticos do câncer de colo uterino. A sobrevida global para o grupo de pacientes estudado foi de 65,8% e foi influenciada por idade, tamanho do tumor, presença de metástases linfonodais, presença de metástases à distância e estadiamento clínico. Com base nos resultados aqui obtidos, a hiperexpressão de Vimentina não foi considerada um fator prognóstico para o câncer de colo uterino.
Abstract: Cervical cancer is a common disease in developing countries and in Brazil it is considered a serious public health problem, since diagnosis is still performed in late stages of the disease. An event called epithelial-mesenchymal transition (EMT) is important in tumor progression, since it interferes in the process of invasion and metastasis. EMT has been frequently studied in human cancers. Aberrant expression of several biomarkers is often observed in the EMT process, including the expression of Vimentin. The aim of this study was to evaluate the expression of Vimentin in cervical carcinomas investigating the prognostic role of this biomarker. Vimentin expression was evaluated by immunohistochemistry in 111 cases of cervical carcinomas and levels of expression were evaluated in relation to clinic pathological and prognostic aspects of the tumors. According to the results, aberrant expression of Vimentin was observed in 100% of the carcinomas. Vimentin overexpression (> 40%) was observed in 28 cases (25.2%), however, it was not associated with clinic pathological aspects and prognosis of cervical carcinomas. The overall survival for the group was 65.8% and it was influenced by age, the size of the tumor, the presence of lymph node metastasis, the presence of distant metastasis and by clinical staging. However, it was not influenced by Vimentin expression. Based on the results obtained in this study, the Vimentin expression was not considered a prognostic factor for cervical carcinomas.
Palavras-chave: Imuno-histoquímica. Sobrevida. Transição epitélio-mesenquima. Vimentina.
Cervical cancer. Epithelial-mesenchymal transition. Immunohystokemistry. Survival. Vimentin.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Agrárias e Biológicas::Curso de Biologia Bacharelado
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética
Citação: Santana, Flávia de Castro. Avaliação do Papel Prognóstico do Biomarcador Vimentina no Câncer de Colo Uterino. 2018. 79 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4283
Data de defesa: 13-Aug-2018
Appears in Collections:Mestrado em Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flávia de Castro Santana.pdfTexto Completo2,74 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.