???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4287
Tipo do documento: Dissertação
Título: Prevalência e Fatores Associados ao Excesso de Peso em Servidores Públicos Federais do Estado de Goiás
Título(s) alternativo(s): Prevalence and Factors associated with excess weight of federal public servants of the State of Goiás.
Autor: Furtado, Ariandeny Silva de Souza 
Primeiro orientador: Vitorino, Priscila Valverde de Oliveira
Primeiro membro da banca: Hadler, Maria Claret Costa Monteiro
Segundo membro da banca: Vieira, Maria Aparecida da Silva
Resumo: Conhecer a frequência, a distribuição, a evolução e o monitoramento dos fatores associados ao excesso de peso e às doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) é fundamental para qualificar as políticas e ações de vigilância e promoção da saúde em prol da efetivação da Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal (PASS). Este estudo teve como objetivo analisar a associação entre os fatores de risco para as DCNT e o consumo alimentar com o excesso de peso em servidores públicos federais. Estudo transversal de base populacional cuja coleta de dados foi realizada no período de setembro a novembro de 2014, na reitoria e nos 10 campus do Instituto Federal de Goiás (IFG) na capital e cidades do interior de Goiás. A amostra foi estratificada por campus e categoria profissional. Foram coletadas por meio de questionário eletrônico as seguintes variáveis: peso e altura referidos para o cálculo do IMC; cargo; sexo; idade; percepção corporal (escala de silhueta); frequência da prática de exercício físico; consumo alimentar de doces, frituras, legumes/verduras, refrigerantes, enlatados, embutidos e local de realização das refeições. As variáveis qualitativas foram apresentadas com frequências absolutas e relativas; e as variáveis quantitativas, com média e desvio padrão. A Regressão de Poisson com ajuste robusto de variância foi utilizada nas análises uni e multivariada. Para o excesso de peso (IMC≥30,0Kg/m2) foi considerado o desfecho; já as demais variáveis foram consideradas independentes. Resultados: Foram entrevistados 429 servidores, sendo 55,7% técnico-administrativos e 44,3% docentes com idade média de 36,3±9,2 anos, 59,7% eram mulheres, 68,8% tinham menos que 40 anos e 69,0% eram sedentários. Quanto ao estado nutricional, 55,0% não apresentaram excesso de peso (IMC), mas 74,8% (n=321) percebiam-se com excesso de peso (escala de silhueta). As mulheres tiveram menor prevalência de excesso de peso (67,8%) que os homens (32,2%), p<0,001. As mulheres também seguem mais as recomendações da alimentação saudável para frituras 72,4% (p<0,003), legumes e verduras 63,8% (p<0,033), refrigerantes 70,7% (p<0,001) e embutidos 68,1% (p<0,028) do que os homens. Associaram-se ao excesso de peso: ser docente (RP= 1,325; p=0,011), sexo masculino (RP=1,401; p=0,002), ter mais que 40 anos de idade (RP=1,357; p=0,004), e ser sedentário (RP=1,310; p=0,009) e realização das refeições fora de casa (RP=1,310; p=0,044). Conclusão: Os fatores associados ao excesso de peso foram ser docente, do sexo masculino, idade igual ou superior a 40 anos, ser sedentário e fazer as refeições fora de casa.
Abstract: The aim goal is to know the frequency, distribution, development and monitoring of the factors associated to the excess weight and chronic non-communicable diseases (NCDs) is essential to qualify policies and surveillance and health promotion actions for the execution of the Care Policy Health and Safety of the Federal Civil Servants (PASS). This study aimed to analyze the association between risk factors for NCDs and food consumption with excess weight in federal civil servants. Transversal population-based study which data collection was carried out between September-November 2014, at the rectory and the 10 campuses of the Federal Institute of Goiás (IFG) in the capital and provincial cities of Goiás. The sample was stratified by campus and professional category. Were collected through an electronic questionnaire the following variables: weight and height to calculate BMI; office; sex; age; body perception (silhouette of scale); frequency of physical exercise; dietary intake of sweets, fried foods, legumes / vegetables, soft drinks, canned foods, sausages and place of meals. The qualitative variables were expressed as absolute and relative frequencies and quantitative variables with mean and standard deviation. Poisson regression was used to examine bivariate and multivariate. The overweight (BMI≥30,0Kg / m2) was considered the outcome and other variables were considered independent. Results: Were interviewed 429 servers, with 55.7% technical administrators and teachers 44.3% with a mean age of 36.3 ± 9.2 years, 59.7% were women, 68.8% had less than 40 years and 69.0% were sedentary. About the nutritional status, 55.0% were not overweight (BMI), but 74.8% (n = 321) were perceived with overweight (silhouette of scale). Women had lower prevalence of overweight (67.8%) than men (32.2%), p <0.000. Women also follow more the healthy eating recommendations for frying 72.4% (p <0.003) and vegetables 63.8% (p <0.033), soft drinks, 70.7% (p <0.000) and built-in 68.1 % (p <0.028) than men. Were associated with being overweight: be teaching (OR = 1.325; p = 0.011), male gender (RP = 1.401; p = 0.002), be more than 40 years of age (RP = 1.357; p = 0.004), and being sedentary (RP = 1.310; p = 0.009) and having meals outside the home (RP = 1.310; p = 0.044). Conclusion: The factors associated with excess weight were: to be teaching, male, age less than 40 years, being sedentary and eat meals outside the home.
Palavras-chave: excesso de peso; vigilância alimentar; estado nutricional, promoção da saúde.
Overweight; food monitoring; nutritional status, health promotion.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Sociais e Saúde::Curso de Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Atenção à Saúde
Citação: Furtado, Ariandeny Silva de Souza. Prevalência e Fatores Associados ao Excesso de Peso em Servidores Públicos Federais do Estado de Goiás. 2015. 113 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Atenção à Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4287
Data de defesa: 27-Nov-2015
Appears in Collections:Mestrado em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ariandeny Silva de Souza Furtado.pdfTexto Completo1,09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.