???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4313
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise do Polimorfismo Genético e da Expressão da Molécula de Histocompatibilidade não-Clássica HLA-G em Carcinomas Ductais Infiltrantes de Mama
Autor: Ramos, Caroline Steglich 
Primeiro orientador: Wastowski, Isabela Jubé
Primeiro membro da banca: Arenas, Flávia Nader Motta
Segundo membro da banca: Rodrigues, Flávia Melo
Resumo: O câncer de mama constitui-se na patologia maligna mais comum entre as mulheres onde o conhecimento dos aspectos prognósticos sugerem o curso clínico da doença e a sobrevida dos pacientes. A detecção da molécula HLA-G tem sido descrita como fator prognóstico para inúmeras neoplasias, esta molécula, expressa de maneira ectópica em certos tipos de tumores, onde induz a imunotolerância e favorece o escape imunológico tumoral. Desse modo, esse estudo objetivou avaliar a expressão da molécula HLA-G em carcinomas ductais infiltrantes da mama (CDI), bem como, avaliar polimorfismo do gene codificador de HLA-G para determinar possível correlação entre estes e a expressão da molécula. Assim, para cumprir tais objetivos, avaliou-se a expressão da proteína HLA-G em quarenta e cinco pacientes com CDI por imunoistoquímica, e ainda, o polimorfismo de deleção e inserção de 14pb do gene HLAG, em 80 amostras de tumores parafinados, obtidas junto ao Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Araújo Jorge e um grupo composto por 191 indivíduos saudáveis foi utilizado como controle. Todas as análises estatísticas foram feitas utilizando os programas GraphPad Instat versão 5.01 e Genepop versão 2.0. Os resultados mostraram que o grupo de pacientes encontrava-se em desequilíbrio de Hardy-Weinberg (p= 0,01), devido ao excesso de heterozigotos (p= 0,0007), não havendo diferença estatisticamente significante nas freqüências alélicas no loco HLA-G quando comparado o grupo de pacientes com o grupo controle, no entanto, houve diferença nas freqüências genotípicas ao comparar os mesmos grupos (p= 0,012), sendo a freqüência do genótipo deleção/inserção significantemente maior no grupo de pacientes. Também foi observada a expressão de HLA-G em 62% das amostras totais analisadas por imunoistoquímica e essa expressão foi apresentada principalmente, em células tumorais havendo, no entanto, também expressão pelas células do infiltrado inflamatório intratumoral (p= 0,03). As analises mostram que a expressão de HLA-G foi significantemente maior em pacientes que tiveram menor sobrevida (log rank= 0,03), após 5 anos de seguimento clínico e ainda houve correlação entre a expressão de HLA-G e aumento naincidência de metástases em linfonodos (p= 0,01). Com isso, os resultados sugerem que a expressão de HLA-G em pacientes com CDI pode estar associada à pior evolução clínica dos mesmos havendo redução na taxa de sobrevida.
Abstract: The breast cancer constitutes most common malignancy pathology among women where the knowledge of prognostic aspects suggest the clinical course of disease and patient survival. Detection of HLA-G has been described as prognostic factor for many cancers, this molecule, expresses in ectopic way in certain types of tumors, where induce the immunotolerance and, favors the tumoral immune escape. Thereby, this study aimed to evaluate the expression of the molecule HLA-G in infiltrating ductal breast carcinomas (CDI), as well as evaluate the polyphormism of the gene encoding HLA-G to determine possible correlation between these and the molecule expression. Thus, to meet these objectives, we evaluated the expression of HLA-G protein in forty-five patients with IDC by immunohistochemistry and also the insertion and deletion polymorphism of 14pb gene HLA-G in 80 samples of paraffin tumors, obtained from the Service of Anatomic Pathology at Araújo Jorge Hospital, and a group of 191 healthy people was used as control. All the statistical analyses were made using the programs GraphPad Instat version 5.01 and Genepop version 2.0. Our results showed that the group of patients were inbalance in Hardy-Weinberg (p=0,01), due to the excess of heterozygotes (p=0,0007), there is not statistically significant difference in the allelic frequencies in locus HLA-G, when compared the group of patients with the control group, however, there were difference in the genotypics frequencies when comparing the same groups (p=0,012), being the genotypic frequency deletion/insertion significantly higher in the group of patients. Also, the expression of HLA-G was observed in 62% of the samples analyzed by immunohistochemistry and this expression was observed an mostly in tumor cells and also by intra-tumoral inflammatory infiltrate (p=0,03). The analysis showed that the expression of HLA-G was significantly higher in patients that had shorter survival (log rank = 0,03), after 5 years of follow up and still there was also a correlation between the expression of HLA-G and increased incidence of lymph node metastases (p=0,01). Thus, the results suggest that the HLA-G expression in patients with CDI may be associate to poor clinical evolution, with the reduced survival.
Palavras-chave: carcinoma ductal infiltrante de mama, escape imunológico, HLA-G, polimorfismo.
infiltrating ductal carcinoma of the breast, immune escape, HLAG polymorphism
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Agrárias e Biológicas::Curso de Biologia Bacharelado
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética
Citação: Ramos, Caroline Steglich. Análise do Polimorfismo Genético e da Expressão da Molécula de Histocompatibilidade não-Clássica HLA-G em Carcinomas Ductais Infiltrantes de Mama. 2012. 92 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Genética) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4313
Data de defesa: 7-Feb-2012
Appears in Collections:Mestrado em Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caroline Steglich Ramos.pdfTexto Completo1,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.