???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4405
Tipo do documento: Dissertação
Título: Polimorfismo Thr399ile de TLR4 em pacientes com aspergilose invasiva e controles
Título(s) alternativo(s): TLR4 Thr399ile polymorphism in patients with invasive aspergillosis and controls
Autor: Naves , Wesley Vieira
Primeiro orientador: Saddi, Vera Aparecida
Primeiro membro da banca: Paula, Hellen da Silva Cintra de
Segundo membro da banca: Rodrigues, Flávia Melo
Resumo: Aspergillus sp. são fungos amplamente difundidos no meio ambiente e estão presentes no solo, ar, sistemas animais, água doce e habitats marinhos, podendo ainda crescer em plantas e na decomposição da matéria orgânica. Esses fungos causam uma grande variedade de distúrbios respiratórios sendo a aspergilose invasiva (AI) uma infecção fúngica bastante prevalente em indivíduos imunocomprometidos. Estudos mostram que polimorfismos do gene Toll-like 4 (TLR4) podem influenciar as vias de sinalização da resposta imunológica inata, aumentando a susceptibilidade do indivíduo para desenvolver a AI. O objetivo deste estudo foi comparar a frequência do polimorfismo Thr399Ile (rs4986791) do gene TLR4 em indivíduos imunocomprometidos e controles normais. Um grupo de 22 indivíduos imunocomprometidos submetidos ao transplante de células tronco hematopoiéticas no Serviço de Transplante do Hospital Araújo Jorge foi incluído no grupo de casos. O grupo controle foi formado por 100 indivíduos sem história de comprometimento imunológico, atendidos no Laboratório da Área da Saúde da PUC Goiás. Após a avaliação dos dados clínicos dos pacientes, uma amostra de sangue total foi coletada para avaliação dos polimorfismos genéticos por meio de reação em cadeia da polimerase (PCR) e análise de polimorfismos de fragmentos de restrição (RFLP). Foram investigados indivíduos de ambos os sexos, com idade entre três a 74 anos, residentes da região Centro-Oeste do Brasil. O polimorfismo Thr399Ile (rs4986791) foi investigado no grupo de casos e controles. No grupo de pacientes com aspergilose invasiva, o alelo selvagem (C) foi detectado em 21 casos (95,5%), enquanto o alelo mutante (T) foi encontrado em apenas um caso (4,5%). No grupo controle, o alelo selvagem (C) foi detectado em 93 indivíduos (93,0%), enquanto o alelo mutante (T) foi encontrado em sete indivíduos (7,0%). Diferenças significativas não foram detectadas nas frequências alélicas entre casos e controles. Nossos resultados não demonstraram associação significativa entre o polimorfismo Thr399Ile (rs4986791) e o diagnóstico de aspergilose invasiva em indivíduos imunodeprimidos. Outros estudos envolvendo maior número de participantes são necessários a fim de elucidar esta associação
Abstract: Aspergillus sp. are fungi that are widespread in the environment and are present in soil, air, animal systems, freshwater and marine habitats and that can also grow on plants and on decomposition of organic matter. These fungi cause a wide variety of respiratory disorders and invasive aspergillosis (AI) is a very prevalent fungal infection in immunocompromised individuals. Studies show that Toll-like 4 (TLR4) gene polymorphisms may influence the innate immune response signaling pathways, increasing the susceptibility of individuals to develop AI. The aim of this study was to compare the frequency of the Thr399Ile rs4986791 TLR4 gene polymorphism in immunocompromised individuals and normal controls. A group of 22 immunocompromised individuals undergoing hematopoietic stem cell transplantation at the Araújo Jorge Hospital Transplant Service was included in the case group. The control group consisted of 100 individuals with no history of immunological impairment, assisted at the Health Laboratory PUC Goiás. After evaluation of the patient’s clinical data, whole blood sample was collected to evaluate genetic polymorphisms by using polymerase chain reaction (PCR) and restriction fragment length polymorphism (RFLP) analysis. Individuals of both sexes were investigated, aged between three and 74 years, residing in the Midwest region of Brazil. Thr399Ile (rs4986791) polymorphism was investigated in the case and control group. In the group of patients with invasive aspergillosis, the wild type allele (C) was detected in 21 cases (95.5%), while the mutant allele (T) was found in only one case (4,5%). In the control group, the wild type allele (C) was detected in 93 individuals (93.0%), while the mutant allele (T) was found in seven individuals (7,0%). Significant differences in the allelic frequencies were not detected between cases and controls. Our results didn’t demonstrate a significant association between Thr399Ile polymorphism (rs4986791) and the diagnosis of invasive aspergillosis in immunosuppressed individuals. Further studies involving a larger number of participants are needed to elucidate this association. POLIMORFISMO Thr399Ile DE TLR4 EM PACIENTES COM ASPERGILOSE INVASIVA E CONTROLES
Palavras-chave: Receptor Toll-Like. Polimorfismos Genéticos. Galactomanana. Aspergilose Pulmonar Invasiva
Toll-Like Receptors. Genetic polymorphisms. Galactomannan. Invasive Pulmonary Aspergillosis.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Médicas, Famacêuticas e Biomédicas::Curso de Biomedicina
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências Ambientais e Saúde
Citação: Naves , Wesley Vieira. Polimorfismo Thr399ile de TLR4 em pacientes com aspergilose invasiva e controles. 2019. 68 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências Ambientais e Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4405
Data de defesa: 12-Sep-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Wesley Vieira Naves.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.