???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4410
Tipo do documento: Dissertação
Título: “De boa menina à dona de mim”: análises para uma produção feminista, antirracista e não binária do serviço social
Título(s) alternativo(s): “From good girl to mistress of me”: analyzes for a feminist, anti-racist and non-binary production of social work
Autor: Jesus, Annaterra Meira Oliveira de 
Primeiro orientador: Rocha, Maria José Pereira
Primeiro membro da banca: Machado, Maria Conceição Sarmento Padial
Segundo membro da banca: Lima, Angelita Pereira de
Resumo: Instaura-se nessa pesquisa bibliográfica o debate interseccional de gênero, sexualidade, classe e raça, e se propõe a reconhecer os processos históricos de feminismos plurais tomando por base duas músicas POP, para a análise mediante duas músicas atuais brasileiras do POP nacional, uma é de Luísa Sonza, e se chama Boa Menina, e a outra música é a de Iza, intitulada por Dona de mim. Com base em seus clipes, história das músicas e suas respectivas letras, serão tratadas como conjunto e não isoladas, uma vez que servem para dar nó ao laço que liga o alcance dos movimentos feministas às formas de mídia e as refrações da sociedade. A música como poder universal e concentração de força e ideologia, constrói-se como fonte de renda e a tenacidade, na tentativa de ser denúncia e permanecer em destaque para quem consome este produto. Por bem, faz-se então a necessidade de analisar como o Pop é utilizado como lucro, e sua criminalização de sua cultura. A ideia é suscitar de maneira atual as discussões frente o avanço dos desmontes sociais num enfrentamento com as políticas acordadas entre os poderes legislativos, executivos e judiciários que afetam diretamente os corpos de mulheres em suas especificidades e dessa forma o material de análise se estende a caracterização dos processos históricos de constituição dos feminismos e sua relação com os clipes. Explanar e identificar os debates do Serviço Social nas categorias apresentadas pelas músicas, numa relação das violências sistêmicas e econômicas na construção dos quilombos de resistências.
Abstract: The intersectional debate of gender, sexuality, class and race is introduced in this bibliographical research. It proposes to recognize the historical processes of plural feminisms based on two POP songs, analyzing two Brazilian POP songs: one of Luísa Sonza, called Good Girl, and the other song is the one of Iza, titled by Owner of me. Based on their clips, the history of the songs and their respective lyrics, they will be treated as entirety and not isolated since they serve to tie the link that links the reach of the feminist movements to the forms of media and the refractions of the society. Music as a universal power and concentration of strength and ideology, is built as a source of income and tenacity, in an attempt to be denunciation and remain significant for those who consume this product. However, it is necessary to analyze how Pop is used as profit, and the criminalization of its culture. The idea is to raise in a current way the discussions regarding the progress of social dismantling in a confrontation with the policies agreed between the legislative, executive and judicial branches that directly affect the bodies of women in their specificities and in this way the material of analysis extends to the characterization of the historical processes of constitution of the feminisms and their relation with the clips. To explain and identify the debates of Social Work in the categories presented by the songs, in a relation of the systemic and economic violence in the construction of quilombos of resistances.
Palavras-chave: Feminismo, feminismo negro, transfeminismo, serviço social e quartaonda feminista
Feminism, Black Feminism, Transfeminism, Social Work, and Feminist Fourth
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Sociais e Saúde::Curso de Serviço Social
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Serviço Social
Citação: Jesus, Annaterra Meira Oliveira de. “De boa menina à dona de mim”: análises para uma produção feminista, antirracista e não binária do serviço social. 2019.142 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4410
Data de defesa: 3-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Annaterra Meira Oliveira de Jesus.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.