???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4540
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estado da arte sobre trabalho docente nos anos iniciais da educação básica: adoecimento e barbarização
Título(s) alternativo(s): State of the art on teaching work in the early years of basic education: illness and barbarization
Autor: Sabath, Ana Lúcia Nery 
Primeiro orientador: Scarel, Estelamaris Brant
Primeiro membro da banca: Costa, Cristiano Aparecido da
Segundo membro da banca: Almeida, Maria Zeneide Carneiro Magalhães de
Resumo: Esta pesquisa, de natureza teórica, está vinculada à linha de pesquisa "Educação, Sociedade e Cultura" do Programa de Pós-graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PPGE/GO), discute acerca do seguinte tema: Estado da Arte sobre Trabalho Docente nos Anos Iniciais da Educação Básica: Adoecimento e Barbarização. Para tanto, a investigação parte do pressuposto de que o adoecimento docente é decorrente do processo de expropriação da experiência na contemporaneidade. Desse modo, ela teve como objetivo principal desvelar em que consiste o adoecimento docente e a barbarização. A partir disso, a pesquisa procura refletir sobre as contradições engendradas pela modernidade no que se refere à formação cultural. Inicialmente, discute a relação entre o neoliberalismo e seus impactos sobre o adoecimento docente. Após isso, o estudo tece considerações sobre a Escola de Frankfurt, pois a Teoria Crítica consiste em um referencial teórico-filosófico que possibilita a análise do processo social em que está inserida a educação na contemporaneidade. Em seguida, o texto traz uma reflexão sobre os impasses ao projeto do esclarecimento na modernidade, levantando problemáticas, a partir dos frankfurtianos, sobre a modernidade e a regressão ao mito, como forma de dominação e de manipulação da cultura bem como da informação pelo poder da indústria cultural. Além disso, a pesquisa discute sobre os desafios colocados pela atualidade para a realização de uma educação com base em experiência formativa. Por fim, o trabalho aponta a necessidade de serem concebidos caminhos para uma educação comprometida com a formação de indivíduos autônomos, capazes de buscar e defender a sua singularidade, ressignificando a realidade pela via da experiência
Abstract: This research, theoretical in nature, is bounded to the "Education, Society and Culture" research line of the Postgraduate Program in Education of the Pontifical Catholic University of Goiá (PCUG), and it discuss the following theme: State of Art about the Teaching Work in the Initial Years of the Basic Education: Sickness and Barbarization. Therefore, we start at the assumption that the teacher illness is due to the expropriation of experience process in the contemporaneity. Thus, the investigation had as a main goal unveil in what consist the teacher illness and the barbarization. From this, the research looks for reflect about the woven contradictions by modernity regarding to the cultural formation. Initially, it¿s discussed the relation between the neo liberalism and its impacts on the teacher illness. Subsequently, the study weaves considerations about the Frankfurt School because the Critic Theory consists in a philosophic-theoretical referential that enables the analyze of the social process that education is inserted in the contemporaneity. Then, the text brings a reflection about the impasses to the enlightnement project in modernity, raising issues from the frankfurtian, about modernity and myth regression, as a manipulation domination form of culture and the information by the industrial cultural power. Lastly, the research discusses the placed nowadays challenges to the achievement of an education based in formative experience. Lastly, the work points the necessity of conceiving the ways to a compromised education with the formation of autonomous individuals, capable to seek and to defend your singularity, reframing the reality by the experience way
Palavras-chave: Estado da Arte. Anos Iniciais. Trabalho Docente. Adoecimento. Experiência Formativa
State of Art. Initial Years. Formative Experience
Área(s) do CNPq: Ciências Humanas: Educação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Sabath, Ana Lúcia Nery. Estado da arte sobre trabalho docente nos anos iniciais da educação básica: adoecimento e barbarização. 2020. 146 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4540
Data de defesa: 24-Aug-2020
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Lúcia Nery Sabath.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.