???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4555
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ensino da arte nas séries iniciais do fundamental 1: sentidos e significados para estudantes com deficiência, professoras, coordenadoras e gestoras da rede escolar municipal da cidade de Araguaína-Tocantins
Título(s) alternativo(s): Art teaching in the first grades of elementary 1: senses and meanings for students with disabilities, teachers, coordinators and managers of the municipal school system in the city of Araguaína-Tocantins
Autor: Cunha, Edioneide Rodrigues da 
Primeiro orientador: Rodrigues, Divino de Jesus da Silva
Primeiro membro da banca: Rodrigues, Anderson de Brito
Segundo membro da banca: Cavalcante, Cláudia Valente
Resumo: Esta investigação é uma pesquisa empírica, de caráter qualitativo, vinculada à Linha de Pesquisa Educação, Sociedade e Cultura, do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), e objetiva, com base no método do materialismo histórico dialético de Marx (2013), apreender os sentidos e significados do ensino da arte na perspectiva dos/as estudantes com deficiência, professoras, coordenadoras e gestoras da rede escolar municipal na cidade de Araguaína (TO). O aporte do método foi premissa e produto, ferramenta e apoio na análise da linguagem dos/as participantes da pesquisa. A coleta de informações ocorreu por meio da entrevista semiestruturada, realizada com gestoras, coordenadoras, professoras e estudantes com deficiência. A sistematização e análise alicerçaram-se nos procedimentos metodológicos do núcleo de Significação de Aguiar, Soares e Machado (2015). A base teórica para as discussões ancorou-se nos pressupostos teóricos da Educação que versam sobre o ensino de arte, como Fischer (2002), Osinsk (2002), Duarte Jr. (2005), Santos (2006), como ainda, Leis e Decretos, entre outros documentos legais que normatizam as políticas públicas voltadas para a área da educação e do ensino da arte para a pessoa com deficiência. Assim, o primeiro capítulo, expõe as produções científicas das instituições do Ensino Superior no Brasil, sobre o ensino da arte para estudantes com deficiência, na educação de turmas dos anos iniciais do fundamental 1, com o objetivo de sintetizar os estudos e as informações disponíveis sobre este tema específico, desvelando o estado da arte. O segundo, trata do percurso histórico do ensino da arte entrelaçado com as políticas públicas para pessoas com deficiências, por meio de um levantamento do percurso da arte e sua relação com o ser humano, a sociedade e a educação ao longo da história, desde os Jesuítas, destacando Helena Antipoff, chegando à arte vista como "utilitarista", passando pela "livre expressão" e movimento "arte-educação" e fazendo um resgate das políticas públicas destinadas à garantia dos direitos da pessoa com deficiência. O terceiro ocupa-se do ensino da arte para as pessoas com deficiências, traz a discussão de conceitos sobre a arte e de suas linguagens (artes visuais, dança, música e teatro) e como se estabelecem as relações das linguagens artísticas no ensino e na aprendizagem das pessoas com deficiências. O quarto capítulo, apresenta os relatos sobre os sentidos e significados do ensino da arte, para os/as estudantes, professoras, gestoras e coordenadoras que participaram da pesquisa. Neste caso, os/as estudantes com deficiência: intelectual, visual, motora e autismo. As mães, no caso, auxiliaram os/as estudantes com deficiência intelectual. Os resultados revelaram que o ensino da arte no conjunto de suas principais linguagens (artes visuais, música, teatro e dança) possibilitam a inclusão do sujeito, principalmente, do estudante com deficiência, tanto na escola, quanto na sociedade, assim, a arte favorece o ensino e a aprendizagem, estimula os/as estudantes a expressarem seus sentimentos na produção artística e contribuem para a interação social, para o desenvolvimento integral, sendo potencializadora na socialização e inclusão dos/as estudantes com deficiências. Apesar da existência de dispositivos legais que apontam a resolutividade destas condições, necessitam ser colocados em prática para, de fato, garantir direitos fundamentais para as pessoas com deficiência em relação a sua inclusão na escola, para que os/as estudantes com deficiência não se sintam inferiorizados/as e excluídos/as. Esta produção quer colaborar com arcabouço teórico dos estudos existentes sobre o ensino da arte para estudantes com deficiência, contribuindo com o avanço dos estudos nesta área
Abstract: This work is an empirical, qualitative research, linked to the Education, Society and Culture Research Line of the Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) Graduate Program in Education (PPGE), and based on the method of dialectical and historical materialism proposed by Marx (2013), aims to compile the senses and meanings of art teaching on the perspective of students with disabilities, teachers, school coordinators and municipal schools administrators from the city of Araguaína (TO). The proposed method contributed as premise and product, tool and support in the analysis of the language of the research participants. The data assortment took place through a semi-structured interview, conducted with principals, coordinators, teachers, and students with disabilities. The data processing and analysis were based on the signification nucleus methodological procedures, suggested by Aguiar, Soares and Machado (2015). The theoretical basis for the discussions was anchored in the theoretical assumptions of Education that deal with art teaching, such as Fischer (2002), Osinsk (2002), Duarte Jr. (2005), Santos (2006), as well as Laws and Decrees, among other legal documents that regulate public policies aimed at the area of education and art education for people with disabilities. Thus, the first chapter discloses the Brazilian universities scientifical works on art teaching to first year students with disabilities, looking forward to synthetizing the available information on this specific theme, unveiling the state of the art. The second chapter deals with the historical path of art teaching, relating it to public policies for people with disabilities, through a survey of the path of the art and its relationship with human beings, society and education throughout history. Since the Jesuits, drawing attention to Helena Antipoff, until reaching the art seen as "utilitarian", passing through "freedom of expression" and the "art-education" movement. Afterwards, it recalls public policies aimed at guaranteeing the rights of people with disabilities. The third chapter studies the teaching of art and artistic languages for people with disabilities, as it also brings up the discussion of concepts about art and its languages (visual arts, dance, music and theater), and how the relations between artistic languages are formed in the teaching and learning process for people with disabilities. The fourth chapter presents the reports on the meanings of teaching art to students with disabilities, to managers and coordinators, teachers, mothers and students with disabilities: intellectual, visual, motor and autism. The mothers, in this case, helped students with intellectual disabilities. The results revealed that the teaching of art and its` main speeches (visual arts, music, theater and dance) allowed the inclusion of the subject, mainly of the students of disabilities, both in school and on society, favoring the study and learning, stimulating the students to express their feeling on artistic production and contributing to social interactions, to full development, strengthening the socialization and inclusion of students with disabilities. Despite the existence of legal provisions that indicate the resolution of these conditions, which need to be put into practice in order to guarantee fundamental rights for people with disabilities in relation to their inclusion in school, so that students with disabilities do not feel inferior and excluded. This work intends to expand the theoretical framework of existing studies on the teaching of art to students with disabilities, contributing to the advancement of studies in this area
Palavras-chave: Ensino, Arte, Pessoa com Deficiência, Políticas Públicas, Socialização
Teaching, Art, People with Disabilities, Public Policies, Socialization
Área(s) do CNPq: Ciências Humanas: Educação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Cunha, Edioneide Rodrigues da. O ensino da arte nas séries iniciais do fundamental 1: sentidos e significados para estudantes com deficiência, professoras, coordenadoras e gestoras da rede escolar municipal da cidade de Araguaína-Tocantins. 2020. 158 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4555
Data de defesa: 30-Sep-2020
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Edioneide Rodrigues da Cunha.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.