???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4672
Tipo do documento: Dissertação
Título: Enriquecimento ambiental alimentar e cognitivo em parque urbano: um estudo de bem-estar para grandes felinos cativos no zoológico de Goiânia
Título(s) alternativo(s): Environmental food and cognitive enrichment in an urban park: a study of well-being for large captive cats in the Goiânia Zoo
Autor: Rangel, Marina Cronemberger 
Primeiro orientador: Silva Junior, Nelson Jorge da
Primeiro coorientador: Silva, Wilian Vaz da
Primeiro membro da banca: Carvalho, Priscilla
Segundo membro da banca: Feitosa, Darlan Tavares
Resumo: Com o intuito de, principalmente, promover a pesquisa e a conservação das espécies, os zoológicos modernos tendem a promover uma modernização desse sistema. Com inserção de recintos o mais próximo possível da realidade do animal, enriquecimentos ambientais adequados a cada espécie, treinamento correto dos funcionários do zoológico para um melhor manejo dos animais cativos, e sobretudo a conservação das espécies. Os objetivos principais deste trabalho foram abordar o enriquecimento ambiental alimentar e cognitivo para felinos em cativeiro no Zoológico de Goiânia, além de discutir a validade deste modelo de enriquecimento como forma constante e fixa nos programa dos zoológicos. Os animais de estudo foram 12 animais, sendo quatro tigres (Panthera tigris), três suçuaranas (Puma concolor), três onças-pintadas (Panthera onca) e dois leões (Panthera leo). Foi utilizado um etograma como base para análise dos comportamentos, no qual se deu a análise de comportamentos específicos como base para verificação se há inatividade excessiva e/ou pacing. Com o método de observação animal focal, e usando o método de enriquecimento ¿caixa surpresa¿ que consistia em pedaços de carne dentro de caixas de papelão oferecidos aos felinos. Os resultados estatísticos obtidos indicaram que o enriquecimento aumentou o comportamento social, repouso e fisiológico, e diminuiu o pacing e a inatividade excessiva. Cada espécie reagiu de uma forma aos enriquecimentos, sendo notados melhores resultado com o grupo Panthera onca, seguidos do grupo Panthera leo, Panthera tigris e Puma concolor, respectivamente. Como consequência, a teoria do uso do enriquecimento ambiental foi comprovada, comparada com outros trabalhos semelhantes a esse, resultando em melhora do bem-estar dos felinos durante o trabalho
Abstract: In order to mainly promote research and conservation of species, modern zoos tend to promote a modernization of this system. With the insertion of enclosures as close as possible to the reality of the animal, appropriate environmental enrichment for each species, correct training of zoo staff for better handling of captive animals, and especially the conservation of species. The main objectives of this work were to address the environmental food and cognitive enrichment for cats in captivity at the Zoo of Goiânia, in addition to discussing the validity of this enrichment model as a constant and fixed form in the programs of zoos. The study animals were 12 animals, four tigers (Panthera tigris), three pumas (Puma concolor), three jaguars (Panthera onca) and two lions (Panthera leo). An ethogram was used as a basis for analyzing behaviors, in which the analysis of specific behaviors was given as a basis for checking for excessive inactivity and / or pacing. With the focal animal observation method, and using the ¿surprise box¿ enrichment method that consisted of pieces of meat inside cardboard boxes offered to the cats. The statistical results obtained indicated that enrichment increased social, rest and physiological behavior, and decreased pacing and excessive inactivity. Each species reacted in a different way to enrichments, with better results being noticed with the Panthera onca group, followed by the Panthera leo, Panthera tigris and Puma concolor groups, respectively. As a consequence, the theory of the use of environmental enrichment has been proven, compared with other works similar to this one, resulting in an improvement in the well-being of felines during work
Palavras-chave: Enriquecimento ambiental, ciências ambientais, saúde, felinos, bem-estar, zoológico, parque urbano.
: Environmental enrichment, Environmental sciences, Health, Felines, Wellbeing, Zoo, Urban park
Área(s) do CNPq: Ciência da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Médicas, Famacêuticas e Biomédicas::Curso de Biomedicina
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências Ambientais e Saúde
Citação: Rangel, Marina Cronemberger. Enriquecimento ambiental alimentar e cognitivo em parque urbano: um estudo de bem-estar para grandes felinos cativos no zoológico de Goiânia. 2020. 69 fl. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências Ambientais e Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4672
Data de defesa: 30-Mar-2020
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde
Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marina Cronemberger Rangel.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.