???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4679
Tipo do documento: Dissertação
Título: "Eu voltava revoltado pra casa por não ficar mais tempo no colégio": as ocupações secundaristas em Anápolis-Goiás, cultura escolar e consciência histórica
Título(s) alternativo(s): "I came home angry because I didn't stay at school any longer": high school occupations in Anápolis-Goiás, school culture and historical awareness
Autor: Freitas, Felipe Silva de 
Primeiro orientador: Marinho, Thaís Alves
Primeiro membro da banca: Groppo, Luís Antonio
Segundo membro da banca: Teixeira, Rafael Saddi
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo debater a Cultura escolar contraposta pelos estudantes secundaristas durante o processo de ocupação secundaristas contrários a implementação da parceria público privada com Organizações Sociais na educação firmada através do Edital 001/2016. Ao longo do trabalho identificamos historicamente a origem de determinadas características da atual Cultura escolar, impulsionada pelo desenvolvimento da política neoliberal no processo educacional, e reconstruímos o processo de ocupação das escolas públicas, através da análise da ocupação do Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista (CEPFJB). É possível compreender portanto, que as ocupações secundaristas para além de contrapor o desenvolvimento de uma política neoliberal na educação, colocava em cheque a Cultura escolar e funcionou como um espaço formativo para os estudantes secundaristas que participaram na possibilidade de contribuir com a Consciência Histórica destes estudantes. Dentre as diversas metodologias desenvolvidas para que pudéssemos resolver os problemas de compreender a construção da Cultura escolar, utilizamos da leitura bibliográfica para realização de uma análise do campo educacional através da teoria de Pierre Boudieu, e para analisar os últimos anos de desenvolvimento de políticas neoliberais na educação goiana; por conseguinte nos utilizamos de duas metodologias importantes para compreender a consciência histórica dos agentes do campo participantes das ocupações: a História Oral, e a História de Vida, que nos permitem compreender o seu envolvimento nas ocupações e quais foram as influências de instituições primárias e secundárias para a formação de suas consciências históricas. Por último, buscamos através da entrevista semiestruturada e da análise do discurso destes sujeitos, compreender aonde que o envolvimento nas ocupações auxiliou estes estudantes a construírem/expandirem as suas consciências históricas, ampliando também seu capital cultural
Abstract: The present work aims to debate the School Culture opposed by high school students during the high school occupation process, contrary to the implementation of a publicprivate partnership with Social Organizations in education signed through Edital 001/2016. Throughout the work, we have historically identified the origin of certain characteristics of the current School Culture, driven by the development of neoliberal policy in the educational process, and reconstructed the process of occupation of public schools, through the analysis of the occupation of the Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista (CEPFJB ). It is possible to understand, therefore, that secondary occupations, in addition to opposing the development of a neoliberal policy in education, put into question the School Culture and functioned as a formative space for high school students who participated in the possibility of contributing to the Historical Consciousness of these students . Among the various methodologies developed so that we could solve the problems of understanding the construction of School Culture, we use bibliographic reading to carry out an analysis of the educational field through the theory of Pierre Boudieu, and to analyze the last years of development of neoliberal policies in Goiás education; therefore, we use two important methodologies to understand the historical awareness of field agents participating in occupations: Oral History, and Life History, which allow us to understand their involvement in occupations and what were the influences of primary and secondary institutions for the formation of their historical consciences. Finally, through semi-structured interviews and discourse analysis of these subjects, we seek to understand where the involvement in the occupations helped these students to build / expand their historical consciences, also expanding their cultural capital
Palavras-chave: Ocupações Secundaristas; Consciência Histórica; Cultura Escolar
Secondary Occupations; Historical Consciusness; School Culture.
Área(s) do CNPq: Ciências Humanas: Historia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de História
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em História
Citação: Freitas, Felipe Silva de. "Eu voltava revoltado pra casa por não ficar mais tempo no colégio": as ocupações secundaristas em Anápolis-Goiás, cultura escolar e consciência histórica. 2021. 215 fl. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em História) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4679
Data de defesa: 29-Apr-2021
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Felipe Silva de Freitas.pdf4,39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.