???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4685
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mortalidade de professores no Estado de Goiás: análise de série temporal, 2008-2017
Título(s) alternativo(s): Teacher mortality in the State of Goiás: time series analysis, 2008-2017
Autor: Barros, Célio Ribeiro de 
Primeiro orientador: Ribeiro, Maysa Ferreira Martins
Primeiro coorientador: Vieira, Maria Aparecida da Silva
Primeiro membro da banca: Ribeiro, Maysa Ferreira Martins
Segundo membro da banca: Mandacaru, Polyana Maria Pimenta
Terceiro membro da banca: Batista, Sandro Rogério Rodrigues
Resumo: A análise de série temporal é uma estratégia de investigação da epidemiologia que fornece subsídios para ação e planejamento de políticas públicas específicas às necessidades de uma população. Este estudo, inédito no Brasil, teve como objetivo conhecer o perfil epidemiológico e a tendência da mortalidade de professores da educação básica e do ensino superior no Estado de Goiás, no período de 2008 a 2017. Estudo descritivo de análise de série temporal dos casos de óbitos em professores identificados no Banco de Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do governo brasileiro. Fizeram parte do estudo 2.439 óbitos de professores maiores de vinte anos. As variáveis escolhidas foram: sexo, raça/cor, estado civil, faixa etária, escolaridade, município de residência e local de ocorrência. Para análise estatística foram calculadas as frequências das variáveis, limites de confiança para uma proporção simples e a tendência de óbito de todas as causas de morte e das quatro principais. Encontrou-se uma alta frequência de doenças crônicas não transmissíveis como causa de morte em professores do estado de Goiás, sendo essas, na sua maioria, numa faixa etária economicamente ativa. Os resultados revelaram um predomínio, nessa população, de óbitos por neoplasias malignas, doenças do aparelho circulatório, doenças do aparelho respiratório e causas externas de morbidade com tendência de aumento de óbitos, com incremento de 0,040 ao analisar todas as causas de morte. Separando por sexo, a frequência de óbitos é maior no sexo feminino, na raça/cor branca. Entre as causas de mortalidade nas professoras, predominam as neoplasias (principalmente órgãos digestórios e mama), na sequência as doenças do aparelho circulatório (doença isquêmica e cerebrovasculares), doenças do aparelho respiratório (pneumonia e doenças crônicas das vias aéreas inferiores) e causas externas de morbidade (acidentes de transporte e agressões). Entre os professores, predominam doenças do aparelho circulatório (doença isquêmica e cerebrovasculares), neoplasias (órgãos digestórios e dos tecidos linfático/hematopoiéticos), causas externas de morbidade (acidentes de transporte e agressões) e respiratório (pneumonia e doenças crônicas das vias aéreas inferiores). As principais causas de mortalidade entre os sexos não são coincidentes, isso releva a necessidade de traçar programas e políticas de atenção à saúde específicos para o sexo feminino e masculino. Os achados sugerem que parte expressiva das causas de mortalidade, as doenças crônicas não transmissíveis, poderiam ter seu perfil alterado se os gestores da saúde pública e da educação implementassem intervenções efetivas com investimentos em programas de prevenção, redução dos fatores de risco, promoção da saúde, acesso rápido a medidas curativas e reabilitadoras, buscando melhor qualidade de vida para os professores
Abstract: Time series analysis is an epidemiology research strategy that provides input for action and policy planning specific to the needs of a population. This study, unprecedented in Brazil, aimed to know the epidemiological profile and mortality trend of teachers of basic education and higher education in the state of Goiás, from 2008 to 2017. Descriptive study of time series analysis of cases of deaths in teachers identified in the Brazilian Government Mortality Information System Database. The study included 2,439 deaths of teachers over twenty years old. The variables chosen were: gender, race / color, marital status, age, education, municipality of residence and place of occurrence. For statistical analysis, the frequencies of the variables, confidence limits for a simple proportion and the death tendency of all causes of death and of the four main ones were calculated. A high frequency of non-communicable chronic diseases was found as a cause of death in teachers from the state of Goiás, most of them in an economically active age group. The results revealed a predominance in this population of deaths from malignant neoplasms, diseases of the circulatory system, diseases of the respiratory system and external causes of morbidity with a tendency to increase in deaths, with an increase of 0.040 when analyzing all causes of death. By gender, the frequency of deaths is higher in females, in race / white color. Among the causes of mortality among teachers, neoplasia (mainly digestive organs and breast) predominates, following circulatory diseases (ischemic and cerebrovascular disease), respiratory diseases (pneumonia and chronic lower airways diseases) and external causes. morbidity (traffic accidents and assaults). Among the teachers, diseases of the circulatory system (ischemic and cerebrovascular disease), neoplasms (digestive organs and lymphatic / hematopoietic tissues), external causes of morbidity (transport accidents and aggressions) and respiratory (pneumonia and chronic diseases of the lower airways) predominate. The main causes of mortality between the sexes are not coincident, this highlights the need to outline specific health care programs and policies for women and men. The findings suggest that a significant part of the causes of mortality, chronic noncommunicable diseases, could have their profile changed if public health and education managers implemented effective interventions with investments in prevention programs, risk factor reduction, health promotion, quick access to curative and rehabilitative measures, seeking better quality of life for teachers
Palavras-chave: Mortalidade; Série Temporal; Professores; Goiás
Mortality; Time Series; Teachers; Goias.
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Ciências Sociais e Saúde::Curso de Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Atenção à Saúde
Citação: Barros, Célio Ribeiro de. Mortalidade de professores no Estado de Goiás: análise de série temporal, 2008-2017. 2019. 71 fl. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Atenção à Saúde) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4685
Data de defesa: 16-Dec-2019
Appears in Collections:Mestrado em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Célio Ribeiro de Barros.pdf2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.