???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/700
Tipo do documento: Tese
Título: HABITUS PROFESSORAL NA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA: Ser Professor, Funções Docentes Exercidas e Ato de Ensinar na Educação Superior Brasileira.
Autor: Lima, Vívian Cirino de 
Primeiro orientador: Baldino, José Maria
Primeiro membro da banca: Souza, Leigh Maria de
Segundo membro da banca: Elias, Gizele Geralda Parreira
Terceiro membro da banca: Zanata, Beatriz Aparecida
Quarto membro da banca: Duarte, Aldimar Jacinto
Resumo: Esta tese, integrante da Linha de Pesquisa Educação, Sociedade e Cultura, interroga um recorrente discurso político-pedagógico de que existe um perfil para o exercício da docência na educação profissional. Se verdadeiro, este discurso preconiza a existência de outros modos de ser docente exigidos pelos demais formatos curriculares como bacharelados, licenciaturas, seqüenciais e à distância. A identidade profissional docente é compreendida, nesta investigação, como expressão teórica e prática do Habitus Professoral aportado nas contribuições teóricas advindas de Bourdieu (1983), Nóvoa, (1997), Tardif (2010), Thompson (1981), Benedito e Outros (1995). A Educação Superior contemporânea está configurada como um campo complexo e diversificado de formatos organizacionais institucionais e curriculares. A modalidade Tecnológica, nas duas últimas décadas no Brasil, tem tido destaque e efetividade das políticas educacionais. Os processos de expansão da Educação Superior no Brasil, desde a aprovação da Lei nº 5.540/68, perpassaram todas as décadas subseqüentes, ampliando as ofertas de serviços/direitos educacionais: novas instituições, cursos, modalidades, turnos e pela interiorização, sem que houvesse nos dispositivos de expansão alguma preocupação e/ou recomendação para a formação profissional acadêmica dos docentes. Fontes documentais analisadas comprovam inequivocamente um total silenciamento acerca da formação profissional da docência universitária. Contraditoriamente, têm sido várias as competências e habilidades requeridas num universo de saberes e experiências: prático, pesquisador, crítico, criativo, empreendedor e reflexivo. Metodologicamente optou-se por uma pesquisa de caráter crítico-qualitativo, pautada no conceito teórico orientador Habitus Professoral possível de ser apreendido, dentre outros, com três disposições e indicadores culturais e de práticas: Modo de Ser Professor (procedimento: questionário), as Funções Docentes Exercidas (procedimento: questionário) e o Ato de Ensinar na Sala de Aula (procedimento: observações não participantes). A amostra foi estruturada em três grupos: 1) Universidade (foco em cursos de Bacharelado, 5 professores), 2) Centro Universitário ou Faculdade (foco nos cursos de Licenciaturas, 5 professores) e 3) IFET (foco nos cursos tecnológicos, 5 professores). Descreve e analisa a diversidade de Habitus Professorais, com vistas a apreendê-los em suas semelhanças e diferenças, que possam ou não sustentar os discursos pedagógicos, ritualizados nos espaços e na cultura escolar da Educação Profissional. Constataram-se tênues especificidades no que diz respeito ao Habitus Professoral dos 15 professores protagonistas desta investigação. No entanto, isto não foi suficiente para sustentar a premissa que advoga a existência de Habitus Professorais singulares, e em decorrência, um Habitus Professoral próprio da Educação Superior Tecnológica. Estas configurações devem ser entendidas como uma relação de homologia: Bourdieu (2009), isto é, de diversidade na homogeneidade, refletindo a diversidade na homogeneidade característica de suas condições sociais de produção.
Abstract: This thesis, of integral Line Educational Research, Society and Culture, interrogates a recurring political-pedagogical discourse that there is a profile for the practice of teaching in vocational education. If true, this reasoning advocates the existence of alternate ways to be curricularly formatted, that is required by other higher educational degrees, such as aloof and Sequential, Bachelor and Undergraduate Degrees. The professional identity is understood as an expression of the theoretical and practical Professorial Habitus portadas, theoretical contributions arising from Bourdieu (1983), Nóvoa (1997), Tardif (2010), Thompson (1981), Benedito and Others (1995). Contemporary Higher Education, is configured as a complex and diverse field of organizational formats. The modality Technology in the last two decades in Brazil has been prominent and effective of its educational policies. The processes of expansion of Higher Education in Brazil, since the adoption of Law (N.5540/68), has pervaded all subsequent decades of expanding service offerings / educational rights: new institutions, courses, modes, shifts and internalization without any expansion device of any concerns and / or recommendations for the academic training of teachers. Documentary sources attested unequivocally analyzed a total silence about the training of university teaching. Paradoxically, there have been various skills and abilities required in a universe of knowledge and experience: practical, investigative, critical, creative, entrepreneurial and reflective. Methodologically we opted for a critical qualitive research study guided by the theoretical concept guiding Professorial Habitus can be perceived and among other things, provisions for three cultural indicators and practices: How To Be a Teacher Procedure (questionnaire), Functions Teachers Exercised Procedure (questionnaire), and the Act of Teaching the Classroom (non-participating observations). The sample was divided into three groups: 1) University (focus on Bachelor courses, 05 teachers), 2) Faculty or University Centers (focus on Undergraduate courses, 05 teachers), and 3) IFET (focus on Technology courses, 05 teachers). In describing and analyzing the diversity of Professorial Habitus, one needs to grasp them in their similarities and differences, which may or may not support pedagogical discourses ritualized in spaces and school culture of Professional Education. Thin specificities were found with respect to fifteen Habitus teachers, teachers being the protagonists of this investigation. However, this was not sufficient to support the premise that advocates the existence of an unique Professorial Habitus, and as a result, there is a Professorial of its own Higher Education of Technology. These settings should be understood as a relationship of homology: Bourdieu (2009), ie, the homogeneity of diversity, reflecting the diversity within a homogeneity characteristic of their social conditions of production.
Palavras-chave: Habitus Professoral
Educação Tecnológica
Modos de Ser Professor
Ato de Ensinar
Professorial Habitus
Technological Education
Modes of Being a Teacher
Act of Teaching
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Stricto Sensu - Doutorado em Educação
Citação: LIMA, Vívian Cirino de. HABITUS PROFESSORAL NA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA: Ser Professor, Funções Docentes Exercidas e Ato de Ensinar na Educação Superior Brasileira.. 2013. 171 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/700
Data de defesa: 30-Sep-2013
Appears in Collections:Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VIVIAN CIRINO DE LIMA.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.