???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/871
Tipo do documento: Dissertação
Título: LEVIATÃ HOBBESIANO: A FORÇA DO SÍMBOLO.
Título(s) alternativo(s): Hobbesian Leviathan: the power of symbol.
Autor: Severino, Marcina de Barros 
Primeiro orientador: Cezne, Irene Dias de Oliveira
Primeiro membro da banca: Garcia, Gilberto Gonçalves
Segundo membro da banca: Souza, Maria Eliane Rosa de
Resumo: Este trabalho propõe uma reflexão sobre a origem do poder do Leviatã hobbesiano, investigando até que ponto este poder configura-se sagrado e até que ponto configura-se profano na obra Leviatã e em outras obras de Hobbes. O texto inicia-se com a análise da imagem utilizada por Hobbes para representar o Estado. Hobbes evoca o símbolo religioso Leviatã para impor a obediência aos súditos. O Leviatã representa o povo com base no contrato social, um contrato impulsionado pelo medo da morte violenta e que é mantido com base no medo do poder coercitivo do Estado. O monstro Leviatã inspira medo e temor, já que só a razão não é suficiente para que o povo aceite a soberania absoluta do Leviatã. Ao lado da força positivada do Estado é necessário recorrer à linguagem simbólica para reforçar o seu poder. Entende-se que as influências teológicas presentes na obra O Leviatã servem de fundamento para manter o poder do soberano.
Abstract: This paper proposes a reflection on the origin of the power of the Hobbesian Leviathan, investigating to what extent this power set is sacred and to what extent is configured profane the work Leviathan and other works of Hobbes. The text begins with an analysis of the image used by Hobbes to represent the state. Hobbes Leviathan evokes the religious symbol to enforce obedience to his subjects. The Leviathan is the people based on the social contract, a contract driven by fear of violent death and is kept out of fear of the coercive power of the state. The Leviathan monster inspires fear and dread, since only the reason is not enough for the people to accept the absolute sovereignty of the Leviathan. Beside the power positively valued by the state is necessary to use symbolic language to strengthen his power. It is understood that the theological influences present in the work Leviathan underpinning to maintain the power of the sovereign.
Palavras-chave: Leviatã
poder
símbolo
sagrado
Leviathan
power
symbol
sacred
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Ciências da Religião
Citação: SEVERINO, Marcina de Barros. Hobbesian Leviathan: the power of symbol.. 2014. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/871
Data de defesa: 11-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARCINA DE BARROS SEVERINO.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.