???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4020
Tipo do documento: Dissertação
Título: MOVIMENTO DE REORDENAMENTO DAS ESCOLAS RURAIS NO MUNICÍPIO DE BELA VISTA DE GOIÁS
Autor: Rocha, Carlos Antônio 
Primeiro orientador: Mesquita, Maria Cristina das Graças Dutra
Primeiro membro da banca: Baldino, José Maria
Segundo membro da banca: Alves, Amone Inácia
Resumo: A presente Dissertação resulta de um processo de investigação e vincula-se à Linha de Pesquisa Estado, Políticas e Instituições Educacionais da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Educação, cujo objetivo foi reconstruir o movimento de reordenamento das escolas rurais no Município de Bela Vista de Goiás a partir do ano de 1980 até 2006, período no qual ocorreu o fechamento das escolas. O problema da pesquisa pode ser delineado a partir da questão: Como se deu o movimento de reordenamento das escolas rurais no Município de Bela Vista de Goiás e qual a lógica das políticas públicas daquela época, ressaltando a importância e os critérios da criação da Escola Núcleo Nicanor Gomes Pereira na Fazenda Matinha. Essa é uma temática considerada de extrema relevância no cenário das pesquisas na área da Educação, apresentando-se como importante de ser debatida e estudada, tendo em vista o número reduzido de estudos realizados a seu respeito e a urgente necessidade de se pensar e ofertar educação de qualidade no campo para a população do campo. O estudo teve como ponto de partida o materialismo histórico dialético, enquanto uma concepção de realidade e de mundo, assegurando o princípio de que a realidade existe independente da consciência que temos dela e que, portanto, as condições materiais determinam a consciência com a qual nos apropriamos dessa realidade. Trata-se de uma pesquisa qualitativa cujos procedimentos metodológicos adotados foram a pesquisa bibliográfica, documental e empírica. O estudo abrange geograficamente as 10 microrregiões do Município. Por meio de questionário semiestruturado, obtivermos a percepção de 44 sujeitos que participaram do processo do qual resultou no reordenamento das escolas rurais. Como aporte teórico recorremos a Arendt (2007, 2008), Arroyo, Caldart e Molina (2004, 2006, 2011), Bobbio (2000), Brzezinski e Santos (2015), Campos (2005), Chauí (1995, 2001), Dallari (2004), Enguita (1989), Freire (1987,1996), Gadotti (2008, 2011), kuenzer (1990), Martins (2004), Marx e Engels (1989, 2004, 2007), Orso (2007), Saviani (1991, 2007), Silva (2007), entre outros. Evidenciamos que a efetivação de uma política de Educação do Campo abrange um processo complexo haja vista que a educação ofertada para crianças, jovens e adolescentes residentes no meio rural acontece, em sua maioria, nas escolas urbanas que nem sempre articulam um currículo com a realidade do campo. As poucas escolas que ainda resistem no meio rural não oferecem uma educação do campo e, sim, uma educação no campo. Ficou evidente que "urbanizou-se" a educação no campo, mas não com as mesmas oportunidades. Os estudos revelaram que para a maior parte da comunidade local (pais e professores), o processo foi autoritário e não considerou a vontade da maioria, contraditoriamente, ao que se compreende como processo democrático. Constatamos que há legislação que garante a educação do campo, com bases sólidas, no entanto faltam políticas públicas que concretizem esse direito, que foi negado por toda a história brasileira.
Abstract: This dissertation is the result of a research process and is linked to the State Educational, Policies and Institutions Research Line of the Pontíficia Universidade de Goiás, master's degree Program in Education, whose objective was to reconstruct the reordering movement of rural schools in Bela Vista de Goiás from the year 1980 to 2006, period in which the schools closed. The research problem can be delineated from the question: How was the rural school reorganization movement in Bela Vista de Goiás and what was the logic of the public policies of that time, highlighting the importance and the criteria of the creation of the Nucleus School Nicanor Gomes Pereira at Fazenda Matinha. This is a topic considered of extreme relevance in the research scenario in the area of Education, presenting itself as important to be debated and studied, considering the small number of studies carried out regarding it and the urgent need to think about and offer education of quality in the field for the rural population. The study had as its starting point historical dialectical materialism, as a conception of reality and world, assuring the principle that reality exists independent of the consciousness we have of it and that, therefore, the material conditions determine the consciousness with which we appropriate this reality. It is a qualitative research whose methodological procedures adopted were the bibliographical, documentary and empirical research. The study covers geographically the 10 microregions of the municipal. Through a semi-structured questionnaire, we obtained the perception of 44 subjects who participated in the process of which resulted in the rearrangement of rural schools. As a theoretical contribution, we used Arendt (2007, 2008), Arroyo, Caldart and Molina (2004, 2006, 2011), Bobbio (2000), Brzezinski and Santos (2015), Campos (2005), Chauí (2004), Enguita (1989), Freire (1987,1996), Gadotti (2008, 2011), Kuenzer (1990), Martins (2004), Marx and Engels (1991, 2007), Silva (2007), among others. We show that the implementation of a Field Education policy encompasses a complex process since the education offered to children, young people and adolescents residing in rural areas occurs mostly in urban schools that do not always articulate a curriculum with the reality of field. Few schools that still resist in rural areas do not offer an education in the field, but an education in the field. It became clear that education was "urbanized" in the countryside, but not with the same opportunities. The studies revealed that for most of the local community (parents and teachers), the process was authoritarian and did not consider the will of the majority, contradictorily, to what is understood as a democratic process. We find that there is legislation that guarantees the education of the countryside, with solid foundations, however, lacking public policies that concretise this right, which was denied throughout Brazilian history.
Palavras-chave: Educação; Educação do Campo; Políticas Públicas; Políticas Educacionais; Legislação.
Keywords: Education; Field Education; Public Policy; Educational Policies; Legislation.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Rocha, Carlos Antônio. MOVIMENTO DE REORDENAMENTO DAS ESCOLAS RURAIS NO MUNICÍPIO DE BELA VISTA DE GOIÁS. 2018. 178 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4020
Data de defesa: 20-Jun-2018
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CARLOS ANTÔNIO ROCHA.pdfTexto Completo2,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.