???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4455
Tipo do documento: Tese
Título: Tecnologia na mediação do trabalho docente: contribuições da teoria histórico-cultural
Título(s) alternativo(s): Technology in the mediation of teaching work: contributions of historical-cultural theory
Autor: Sousa, Daniela Rodrigues de 
Primeiro orientador: Peixoto, Joana
Primeiro membro da banca: Libâneo, José Carlos
Segundo membro da banca: Rosa, Sandra Valéria Limonta
Terceiro membro da banca: Malaquias, Arianny Grasielly Baião
Resumo: Esta tese resulta de pesquisa bibliográfica e está filiada à Linha de Pesquisa Teorias da Educação e Processos Pedagógicos, do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Análises fundamentadas na lógica dialética mobilizam o arcabouço da teoria histórico-cultural, em seus pressupostos epistemológicos marxianos, objetivando problematizar a tecnologia na mediação do trabalho docente, para ampliar as análises entre educação e tecnologia que sustentam concepções hegemônicas de uma educação instrumental e acrítica. São centrais os conceitos de consciência e apropriação. Assim, mediação, mediação semiótica, unidade entre instrumento e signo, função psicológica superior, relações interfuncionais dinâmicas, internalização e vínculo entre acumulação e expropriação são abordados de forma articulada nos três capítulos. O primeiro capítulo desenvolve o conceito de tecnologia como instrumento e signo, unidade que altera qualitativamente os processos elementares e caracteriza o desenvolvimento das funções psicológicas superiores e da consciência. Considera que a história do homem é objetivada nos instrumentos e signos e por meio deles pode ser apropriada. Apresenta as atuais condições históricas para a formação do professor e a realização do trabalho docente, dimensões que se integram à luta de classes. O segundo capítulo traz origem, estrutura e desenvolvimento da consciência como importantes contribuições para a compreensão da tecnologia na mediação do trabalho docente. A estrutura da consciência é, interiormente, em grande parte, constituída pela associação interna entre significado e sentido. A desintegração da consciência, desenvolvida quando significado e sentido adquirem uma relação de exterioridade, é uma possível explicação para o tecnocentrismo encontrado nos estudos que articulam educação e tecnologia. O desenvolvimento da tecnologia na sociedade capitalista vincula-se aos processos de desintegração da consciência. Os processos de internalização e apropriação são cruciais para compreender o elo entre a luta de classes e o desenvolvimento dos indivíduos. A tecnologia na mediação do trabalho docente aparece como parte do processo ideológico desenvolvido socialmente e como materialização da contradição existente entre acumulação e expropriação. O terceiro capítulo esclarece como as relações sociais podem explicar comportamentos considerados individuais e apresenta o desenvolvimento do conceito de ideologia, seus mecanismos de concretização e uma face específica da tecnologia, como mercadoria fetichizada e reificada. É fundamental considerar a tecnologia em sua dimensão concreta e abstrata para a compreendê-la na mediação do trabalho docente. A unidade entre instrumento e signo indica que o domínio externo da natureza está reciprocamente ligado ao domínio interno do comportamento (MARX; ENGELS, 2004; MARX, 2013, VYGOTSKI, 2009). Compreender tecnologia como unidade dialética (sujeito/objeto, técnico/simbólico, instrumento/signo, individual/coletivo) ligada aos principais condicionantes do modo de produção e das relações sociais é imprescindível para a sua apreensão na mediação do trabalho docente. Considera que a tecnologia pode contribuir para processos de alienação e de humanização. Conclui que o meio técnico não é por si inovador, pois incorpora relações sociais complexas e materializa as contradições da luta de classes. Aparatos tecnológicos podem parecer revolucionários, mas são parte da dinâmica evolutiva que não encontra sua essência exclusivamente nos meios tecnológicos
Abstract: This thesis is the result of a literature review and it is affiliated with Educational Theories and Pedagogical Processes Line of Research, in the Stricto Sensu Post-graduation Program of Education of the Pontifical Catholic University of Goiás. Analyses based on the dialectical logic mobilize the framework of the historical-cultural theory, in its Marxist epistemological assumptions, aiming to problematize the technology in the mediation of the teaching work, to expand the analyses between education and technology that support hegemonic conceptions of an instrumental and uncritical education. The concepts of consciousness and appropriation are key. Thus, mediation, semiotic mediation, unity between tool and sign, higher psychological function, dynamic inter-functional relations, internalization and the link between accumulation and expropriation are articulately addressed in the three chapters. The first chapter develops the concept of technology as tool and sign, a unit that qualitatively alters elementary processes and characterizes the development of the higher psychological functions and the consciousness. It considers that the history of man is objectified in the tools and signs and through them can be appropriated. It presents the current historical conditions for the teacher training and the teaching work, dimensions that are integrated into the class conflict. The second chapter brings the origin, the structure and the development of consciousness as important contributions to the understanding of technology in the mediation of the teaching work. The structure of the consciousness is, inwardly, largely constituted by the internal association between meaning and sense. The disintegration of the consciousness, developed when meaning and sense acquire an external relationship, is a possible explanation for the technocentrism found in the studies that articulate education and technology. The technological development in the capitalist society is linked to the processes of disintegration of the consciousness. The processes of internalization and appropriation are crucial to understand the link between the class conflict and the development of the individuals. The technology in the mediation of the teaching work appears as part of the ideological process socially developed and as a materialization of the existing contradiction between accumulation and expropriation. The third chapter clarifies how the social relations can explain behaviors considered individual and presents the development of the concept of ideology, its mechanisms of concretization and a specific face of technology, as a fetishized and reified commodity. It is essential to consider technology in its concrete and abstract dimension to understand it in the mediation of the teaching work. The unity between tool and sign indicates that the external domain of the nature is reciprocally linked to the internal domain of the behavior (MARX; ENGELS, 2004; MARX, 2013, VYGOTSKI, 2009). Understanding technology as a dialectical unit (subject / object, technical / symbolic, tool / sign, individual / collective) linked to the main conditions of the mode of production and the social relations is essential for its comprehension in the mediation of the teaching work. It considers that technology can contribute to alienation and humanization processes. It concludes that the technical environment is not innovative in itself, as it incorporates complex social relations and materializes the contradictions of the class conflict. Technological devices may seem revolutionary, but they are part of the evolutionary dynamic that does not have its essence in the technological environments exclusively
Palavras-chave: Educação e tecnologia. Trabalho docente e tecnologia. Consciência. Apropriação. Luta de classes.
Education and technology. Teaching work and technology. Consciousness. Appropriation. Class conflict.
Área(s) do CNPq: Ciências Humanas: Educação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da instituição: PUC Goiás
Departamento: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Pedagogia
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação
Citação: Sousa, Daniela Rodrigues de. Tecnologia na mediação do trabalho docente: contribuições da teoria histórico-cultural. 2019.147 fls. Tese( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/4455
Data de defesa: 17-Dec-2019
Appears in Collections:Doutorado em Educação
Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniela Rodrigues de Sousa.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.